Clínica de Fertilidade e Reprodução Humana. Tel: (11) 5053-2222 Av. Brasil 2283. São Paulo. e-mail

Menssagem de erro

  • Notice: Undefined index: safe_value em theme_field_detailed_question() (linha 1818 de /home/xveinsco/fertilidade.org/sites/all/modules/faq/faq.module).
  • Notice: Undefined index: safe_value em theme_field_detailed_question() (linha 1818 de /home/xveinsco/fertilidade.org/sites/all/modules/faq/faq.module).

Perguntas Frequentes


De acordo com as resoluções do Conselho Federal de Medicina e o novo Código de Ética Médica a escolha de sexo não é possível.

A escolha do sexo do bebê durante um tratamento de reprodução assistida sempre foi considerada uma questão polêmica e, até pouco tempo, sem solução. Essa técnica passou a ser oficialmente proibida no país a partir de 2010. A norma, anunciada em agosto de 2009, durante a IV Conferência Nacional de Ética Médica, em São Paulo, faz parte da revisão do Código de Ética Médica, escrito em 1988. Com a decisão fica proibido criar embriões para pesquisa e escolher o sexo do bebê em clínicas de reprodução assistida.

Resolução n. 1.957/2010, do Conselho Federal de Medicina: as tecnologias reprodutivas devem ser restritas aos casos de infertilidade e esterilidade, bem como ao tratamento de doenças ligadas aos cromossomos sexuais, de modo que a seleção do sexo deve ser restrita às hipóteses em que se busque evitar enfermidades graves e, portanto, não deve ser permitida por outros motivos.

Fonte: Código de ética médica e Sexagem: a escolha de sexo dos filhos numa perspectiva ético-jurídica

A menopausa é um marco na vida da mulher, quando os hormônios sexuais deixam de ser produzidos por falência dos ovários, sua principal característica é a ausência da menstruação. Quando se chega à idade próxima de 50 anos, não é uma idade exata podendo ocorrer alguns anos antes ou depois, a mulher pode apresentar irregularidade menstrual e a este período chamamos de Climatério que pode durar até 1 ano e após a menstruação cessar, ou de uma hora para outra, a menstruação parar. Fonte: Fortner, K; Szymanski, L; Fox, H; Manual de Ginecologia e Obstetrícia do Johns Hopkins. 3ed.artmed Zugaib Obstetrícia. Manole. 2008. 1ed.

O calor chamado fogacho ocorre como primeiro sintoma na menopausa e consiste em aquecimento que inicia no tronco, sobe até a cabeça seguido de suor frio, é o que mais incomoda a mulher, podendo atrapalhar sua vida pessoal e profissional. Pela falta de hormônios, principalmente do estrogênio , ocorre diminuição da libido, ressecamento de pele, cabelos e vagina , irritabilidade, ansiedade, insônia, perda de massa óssea, aumentando o risco de osteoporose e aumento no risco de doenças cardiovasculares. Fonte: Fortner, K; Szymanski, L; Fox, H; Manual de Ginecologia e Obstetrícia do Johns Hopkins. 3ed.artmed Zugaib Obstetrícia. Manole. 2008. 1ed.

Uma dúvida muito comum é quanto podemos engordar, ou melhor, aumentar de peso durante a gravidez. Existe um medo disseminado de engordar muito e dúvidas sobre como perder peso depois. Veja o quanto você pode engordar na gravidez. Acesse a calculadora, e tire suas dúvidas.

Após 1 ano de tentativas de engravidar, sem proteção anticoncepcional, sem sucesso. Certas condições podem indicar que se procure um médico após apenas seis meses de tentativas. Essas condições incluem: - Parceiro do sexo feminino com mais de 35 anos de idade - Menstruações irregulares ou ausentes - Dois ou mais abortamentos - Infecções prostáticas - História de doença sexualmente transmissível em um dos parceiros - História de infecção pélvica/genital em um dos parceiros - Cirurgia abdominal prévia em um dos parceiros - Reversão de esterilização cirúrgica em um dos parceiros - Endometriose/menstruação dolorosa - Secreção mamária - Acne excessiva ou hirsutismo (cabelos pelo corpo) em mulheres - Doença crônica em um dos parceiros (por ex.: diabetes, pressão arterial elevada, etc.) - História de quimioterapia ou radioterapia em um dos parceiros

Um bebê é o sonho da maiorias das mulheres, e algumas tem mais dificuldade do que outras devido à problemas de infertilidade. Outras associam problemas de infertilidade com financeiros, sendo que clínicas de infertilidade não são cobertas pelo convênio, e alguns tratamentos são dispendiosos. Existem maneiras de conseguir o tratamento de infertilidade de maneira mais econômica, mas esteja certa que, para isso é necessário comprovar renda abaixo de um valor determinado. Veja a lista dos serviços públicos e privados que oferecem tratamento de infertilidade em conta (Clínica de Infertilidade). ( http://fertilidade.org/atendimento-gratuito-fertilidade ) Conhece outro serviço ? Deixe-nos uma mensagem.

Não, o tratamento é realizado em clínica com infra estrutura apropriada.

Depende da causa de infertilidade, a complicação mais temida é de hiperestímulo ovariano em pacientes com ovário policístico, mas só ocorre quando o caso não é seguido adequadamente.

A chance existe, mas é baixa

Não a porcentagem é igual a população geral em uma gravidez natural

Aproximadamente 14 a 17 dias

Sim, alguns convênios são aceitos, entre em contato para saber quais. Porém, a maioria deles não inclui tratamentos avançados de fertilidade, somente as consultas médicas. Para os pacientes que têm reembolso para despesas de saúde poderá ser fornecido um relatório médico para este fim e a nota fiscal. Auxiliamos em todo contato para requerimento do reembolso, de modo que seja mais fácil e menos oneroso para o paciente.

A Clínica de Reprodução Humana fica no Jardim América, no cruzamento entre a Av Brasil e Av Rebouças, bairro nobre de São Paulo. Veja a localização no mapa.

Sim, o estacionamento é amplo.

É só telefonar para o consultório que uma de nossas funcionárias marcará o horário que lhe for mais conveniente. Telefone (11) 5053-2222 Ou então entrar em contato direto pelo site com a doutora

Não, isso faz parte de crença popular, não há nenhum estudo que comprove.

O cálculo do dia fértil depende da duração do ciclo menstrual, exemplo: se seu ciclo é de 30 dias o dia fértil será 14 dias antes da sua próxima menstruação. Veja a calculadora de fertilidade que cria seu calendário da fertilidade.

Não, em geral a porcentagem em média gira em torno de 20% a cada tentativa, mas também depende das condições clínicas de cada casal.

A Inseminação consiste em transferir o sêmem processado do homem para o útero da mulher quando esta ovulando. A Fertilização consiste na coleta de óvulo e espermatozóide, fertilizá-los em laboratório e quando se tem um embrião formado transferi-lo para o útero da mulher. São tratamentos bem distintos com indicações precisas.

Depende, cada pessoa tem seu próprio metabolismo, pode demorar alguns meses ou não.