Reanastomose tubária

Procedimento cirúrgico para reconexão das trompas

Laqueadura ou ligadura tubária é um método anticoncepcional (método para prevenir a gestação) no qual as tubas (ou trompas) são cirurgicamente amarradas, cortadas ou cauterizadas para prevenir a passagem dos óvulos dos ovários para o útero.

A reanastomose tubária ou reversão de laqueadura tubária é uma cirurgia na qual se retira a parte danificada das trompas e se unem as partes sadias, restabelecendo com isto a fertilidade da paciente. Esta cirurgia pode ser uma opção para as mulheres que, por várias razões, desejem restabelecer sua fertilidade. Pode ser realizada pela via tradicional ou por laparoscopia.

O sucesso da cirurgia depende da idade da paciente e do método que foi feita a laqueadura. Portanto é muito importante ter em mente a probabilidade de sucesso do procedimento, e ponderar com a idade da paciente e a possibilidade de realizar outros tratamentos, como a fertilização in vitro.

 

Aonde fazer fertilização in vitro? Marque consulta com Dra Juliana Amato. Tel (11) 5053-2222

 

Autor: Dra. Juliana Amato

Fonte: Amato, JLS. Em Busca Da Fertilidade. 2014

LEIA TAMBÉM:  Avaliação Clínica na Infertilidade

Local do corpo:

Trompas uterinas

Cuidados pós procedimento:

Repouso, cuidados locais, tempo de internação

Preparo:

Jejum, exames pré operatórios

Tipo de Procedimento:

Surgical

Status:

Bem definido
LEIA TAMBÉM:  Punção de Epidídimo
Marcações:
nv-author-image

Dra. Juliana Amato

Líder da equipe de Reprodução Humana do Fertilidade.org Médica Colaboradora de Infertilidade e Reprodução Humana pela USP (Universidade de São Paulo). Pós-graduado Lato Sensu em “Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida” pela Faculdade Nossa Cidade e Projeto Alfa. Master em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida pela Sociedade Paulista de Medicina Reprodutiva. Titulo de especialista pela FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e APM (Associação Paulista de Medicina).