Pular para o conteúdo

Sintomas da Gravidez: Como Saber Se Você Está Grávida

Se você está em dúvida se está grávida ou não, este artigo é para você! Descubra os sintomas mais comuns da gestação e os melhores momentos para fazer o teste de gravidez. Além disso, saiba como identificar os diferentes tipos de teste e suas sensibilidades. Acompanhe as dicas e informações valiosas para uma gravidez saudável e tranquila. Não perca mais tempo e descubra se você está grávida agora mesmo!

Sumário

Não sabe se está grávida ainda? e quer descobrir?

Sintomas da Gravidez
Teste de gravidez mostrando positivo

Caso tenha chegado nessa página para descobrir se está grávida no momento, temos as seguintes opções para te ajudar:

As alterações hormonais que ocorrem durante a gravidez podem causar sintomas já nas primeiras semanas de gestação. O aumento do nível de beta hcg, uma hormona produzida pelo corpo após a fertilização, poderá indicar a gravidez através de um teste de urina. Por isso, é importante realizar o teste logo nos primeiros dias após o atraso menstrual, já que os sintomas podem demorar algumas semanas para aparecer.

Sintomas da Gravidez
Kit 10x Teste Gravidez Confira Tira Resultado Em 1 Minuto
Teste de Gravidez Clearblue com Indicador de Semanas 1 Unidade
Teste de Gravidez Clearblue Resultado 6 Dias Antes 1 Unidade
Teste de Gravidez Clearblue Detecção Rápida 2 Unidades
Kit 10x Teste Gravidez Confira Tira Resultado Em 1 Minuto
Teste de Gravidez Clearblue com Indicador de Semanas 1 Unidade
Teste de Gravidez Clearblue Resultado 6 Dias Antes 1 Unidade
Teste de Gravidez Clearblue Detecção Rápida 2 Unidades
R$ 20,98
R$ 49,99
R$ 29,69
R$ 35,69
-
-
-
-
Kit 10x Teste Gravidez Confira Tira Resultado Em 1 Minuto
Kit 10x Teste Gravidez Confira Tira Resultado Em 1 Minuto
R$ 20,98
-
Teste de Gravidez Clearblue com Indicador de Semanas 1 Unidade
Teste de Gravidez Clearblue com Indicador de Semanas 1 Unidade
R$ 49,99
-
Teste de Gravidez Clearblue Resultado 6 Dias Antes 1 Unidade
Teste de Gravidez Clearblue Resultado 6 Dias Antes 1 Unidade
R$ 29,69
-
Teste de Gravidez Clearblue Detecção Rápida 2 Unidades
Teste de Gravidez Clearblue Detecção Rápida 2 Unidades
R$ 35,69
-

Já sabe que está grávida? Sabe os sintomas da gravidez?

A gestação é um saquinho de surpresas, a cada fase uma nova sensação, mudanças no nosso organismo para se adaptar a esta nova condição, para você  ir se acostumando com a idéia e saber o que é comum sentir na gravidez e não necessariamente precisar de tratamento aí vão algumas dicas de  “o que esperar quando se esta esperando…”. Durante a gestação ocorrem alterações hormonais que podem causar, desde as primeiras semanas de gravidez, várias mudanças no corpo da mulher.

Algumas mulheres buscam ajuda nas redes sociais, mas nós estamos aqui, prontos para te ajudar.

Durante a gestação o obstetra será o seu médico principal.

No início da gravidez você poderá sentir:

  • Náuseas e vômitos;
  • Aumento das mamas e dor;
  • Escurecimento dos mamilos;
  • Sono;
  • Prisão de ventre;
  • Tonturas;
  • Dor de cabeça;
  • Aumento da freqüência de urinar;

A boa notícia é que as náuseas na maioria das mulheres acaba após os 3 meses de gravidez assim como aquele sono incontrolável. Para os outros sintomas não esqueça de pedir orientação ao seu médico pois tudo pode ser contornável por medicações sintomáticas e alimentação adequada.

Mas, durante toda gestação ainda poderá ocorrer:

  • Manchas na pele (cloasma gravídico);
  • Aparecimento de linha escurecida no abdome;
  • Estrias;
  • Dor nas costas;
  • Azia;
  • Dificuldade para dormir, pelo aumento da barriga e mamas;
  • Dor nas pernas;
  • Propensão a desenvolver varizes nas mulheres predispostas;
  • Pré disposição a hemorróidas;
 

Aqui listamos algumas modificações do organismo materno, lembrando que nem todas as mulheres por regra passarão por todas estas fases.

Lembrem-se: para que sua gravidez seja tranqüila é importante um acompanhamento Pré Natal adequado, hábitos de vida e alimentares saudáveis, exercício físico a partir do segundo trimestre de gravidez com orientação médica pela obstetra.

No início da gravidez, muitas mulheres experimentam sintomas como sono excessivo, náuseas e mudanças nas mamas. No entanto, a intensidade desses sintomas varia de mulher para mulher e depende da individualidade biológica de cada uma. Além disso, o aumento da progesterona no corpo pode contribuir para esses sintomas. A náusea é comum no início da gravidez, mas não é uma regra que ocorra nas primeiras semanas. Algumas mulheres têm náuseas durante toda a gravidez enquanto outras só sentem náuseas por um curto período. Por outro lado, as alterações nas mamas podem ser sentidas desde o início da gravidez, mas só ficam mais evidentes nas primeiras semanas. Além disso, algumas mulheres têm dores de cabeça, tonturas e alterações no padrão de sono. A frequência de urinar também aumenta no início da gravidez, mas é importante lembrar que esses sintomas podem variar de mulher para mulher e que cada organismo reage de maneira diferente.

Olá! Hoje, nós vamos conversar um pouquinho sobre os sintomas de início de gravidez. Muitas mulheres que se veem grávidas chegam ao consultório e perguntam: “Doutora, mas eu não estou sentindo o que a minha amiga sentia!” ou “Eu não estou sentindo o que eu senti na primeira gravidez. Será que eu estou grávida mesmo? Será que minha gravidez está evoluindo bem? Eu estou com receio!” ou, quando estão passando muito mal, com muita náusea, “Tem alguma coisa errada na minha gravidez? Porque estou passando muito mal!” Então, vamos conversar um pouquinho sobre os sintomas do início da gravidez.

A maioria das mulheres têm muito sono e, por que ocorre esse aumento do sono no início? No início, a gente tem um aumento exagerado da progesterona, então essa progesterona é aumentada para ajudar a manter a gravidez dentro do útero. Mas a gente sabe que a progesterona aumenta o sono, então a maioria das mulheres pode ter uma sonolência, um cansaço maior durante o dia. Todas vão ter? Não são todas que vão ter. Por quê? Porque depende muito da bioindividualidade de cada um. Às vezes, eu tenho mais sono e eu fico com mais sono normalmente, e se eu ficar grávida, vou ficar com mais sono, ou eu não tenho tanto sono, sou uma pessoa do dia mesmo, que eu fique um pouquinho mais sonolenta, eu sou mais ativa e vou ficar ativa durante o dia. Então, é difícil falar que todas vão ficar sonolentas. Existe essa probabilidade grande de ficar, mas cada mulher uma, cada organismo age de uma maneira, então a gente não pode generalizar.

Náuseas, as náuseas também acontecem pelo aumento da progesterona. Depende muito de mulher para mulher. Tem mulher que atura muito bem náusea e tem mulher que a náusea é insuportável e essa náusea não é assim em todas as mulheres que acontece e depende muito de cada fase da gestação. O comum é que ocorra no início, mas não é na primeira semana, às vezes não é na segunda semana. Às vezes, ela tem uma semana com náusea e não tem mais, ou tem mulheres que já se veem grávidas e já ficam causadas do início até o terceiro mês. O que se sabe é que, em estudo populacional, quando se tem náusea, a partir do terceiro mês, essa náusea diminui. Normalmente, ela cessa e aí a náusea começa novamente lá no fim da gravidez, no terceiro trimestre. Mas é muito individualizado de mulher para mulher.

Algumas pacientes reclamam de alterações nas mamas, as mamas ficam mais inchadas, as mamas ficam mais doloridas, é por alteração hormonal, é normal. Normalmente, as mulheres que estão numa segunda ou terceira gravidez, elas sentem esses sintomas muito antes das outras mulheres, que elas já tiveram essa alteração hormonal na primeira gravidez.

Cólica! A cólica é muito comum no início da gravidez, vão ocorrer as alterações hormonais iniciais dessa gravidez, o útero vai se distendendo, ele vai responder a essas alterações hormonais e a mulher tem uma sensação de cólica. É normal ter cólica? É normal! Quando eu devo me preocupar com a cólica? Quando ela está associada à dor para urinar e sangramento. Aí é importante procurar um médico para avaliar se está com uma infecção urinária associada, ou se está com um descolamento da placenta, se está com um sangramento de colo de útero ou até mesmo tem um abortamento.

Outro sintoma da gravidez também pode ser uma dificuldade respiratória mais leve com o aumento da frequência cardíaca não exagerada. Por quê? Porque na mulher aumenta o débito cardíaco, aumenta esse sangue circulante, ela fica com uma sensação de estar mais taquicardia mesmo, o coração pulsando um pouquinho mais forte.

Além disso, já não são tanto sintomas da gravidez, mas o que a mulher tem que tomar cuidado durante a gravidez. As mulheres grávidas têm uma ativação dos melanócitos, que são aquelas células de pigmentação da pele. É muito importante que, na gravidez, faça-se o uso de protetor solar, principalmente no rosto, porque nessa fase a mulher, se tomar sol, está mais propensa à formação de melasma, que são aquelas manchas marrons no rosto.

E uma alteração boa que acontece na gravidez é que o cabelo cresce mais rápido e ele fica mais cheio, ele fica mais bonito, mais brilhoso. Isso é uma alteração muito boa que ocorre durante a gravidez. Então, o ideal é cuidar dos cabelos durante a gravidez, porque, quando o neném nasce, depois com a amamentação, os cabelos tendem a cair um pouquinho, mas o seu médico, depois do parto e depois que o neném nascer, vai indicar um tratamento para o cabelo não cair tanto.

Se você gostou do nosso vídeo, inscreva-se no nosso canal, dê o seu like e ative o sininho de notificações.

Teste online de gravidez

Para descobrir suas chances de estar grávida, faça agora este teste online.

Mesmo que o resultado deste teste seja negativo, a maneira mais segura de confirmar se você está grávida é por meio de um teste de gravidez de farmácia, que pode ser realizado a partir do primeiro dia de atraso menstrual ou 14 dias após a relação sexual.

Sintomas da Gestação.

As mudanças perceptíveis na gestação.

Lista de sinais e sintomas da gravidez (teste de sintomas de gravidez):

Sintomas da Gravidez

Saber cedo que está grávida é muito importante para que a mulher inicie o seu seguimento pré-natal o mais cedo possível. As mulheres que ficam sabendo da gestação nas primeiras semanas podem tomar medidas que beneficiam o feto como: melhorar o controle da glicemia no sangue, melhorar a dieta, usar suplementos como ácido fólico e ferro, controlar a pressão arterial, tratar eventuais infecções precocemente e evitar o consumo de álcool ou drogas potencialmente nocivas ao bebê no primeiro trimestre de gestação

Os primeiros sinais e sintomas da gravidez surgem frequentemente após três semanas da fecundação. Em alguns casos, a gravidez já mostra sinais tão cedo quanto o sexto dia após a concepção. Então, apesar de não ser comum, é perfeitamente possível a mulher já apresentar sintomas de gravidez antes da menstruação atrasar.

Os 20 primeiros sintomas de gravidez são:

Os sintomas de gravidez podem variar de mulher para mulher e nem todas apresentam todos eles. Abaixo estão alguns dos 20 sintomas mais comuns:

Antes de seguirmos, é importante salientar que os sinais e sintomas de gravidez não são os mesmos para todas as mulheres. Além disso, uma mesma mãe pode ter sintomas completamente diferentes entre duas gestações distintas. Os sinais de gravidez podem também variar em sua intensidade, frequência e duração. Lembrando que esses sintomas podem ser causados por outras condições além da gravidez, por isso é importante fazer um teste de gravidez para confirmar a gestação.

Durante as primeiras semanas de gestação, as alterações hormonais que ocorrem no corpo podem causar sintomas como náuseas, vômitos, aumento das mamas, sonolência, entre outros. O aumento do nível de beta HCG no corpo, um hormonio produzida após a fertilização, poderá indicar a gravidez através de um teste de urina logo no primeiro dia após o atraso menstrual. Porém, é importante lembrar que nem todas as mulheres apresentam os mesmos sintomas e que cada organismo reage de maneira diferente nas primeiras semanas após a concepção.

Tenha em mente que muitos dos sintomas precoces da gestação podem parecer semelhantes aos desconfortos pré-menstruais que você está habituada. As mulheres que não estão tentando engravidar não ficam muito atentas aos sinais do seu corpo, e os primeiros sintomas da gravidez podem passar despercebidos, sendo confundidos com os sinais de uma menstruação a caminho.

Procure sem o obstetra e ginecologista para acompanhar sua gestação, assim problemas como gravidez ectópica e outros podem ser resolvidos cedo.

Ter um bebê pode ser o sonho de muitas mulheres. Às vezes o atraso da menstruação é a primeira dica entre todos os sintomas de que a mulher está grávida. A gravidez pode apresentar diferentes sintomas em cada semana da gestação.

Sintomas da Gravidez

A menstruação pode atrasar e não ser gravidez?

De fato, um atraso na menstruação pode ter diversas causas além da gravidez, tais como: situações de estresse, infecções, mudança de método contraceptivo, variações no peso corporal, fadiga, entre outras.

A ansiedade gerada pela possibilidade de uma gravidez indesejada, mesmo que a mulher tenha mantido relações sexuais sem proteção, também pode ser responsável pelo atraso menstrual.

Com quantos dias de atraso menstrual posso fazer o teste de gravidez?

Os testes de gravidez de farmácia ou de sangue disponíveis atualmente são capazes de identificar uma gravidez em andamento logo no primeiro dia de atraso menstrual.

 

Quer saber o melhor momento de fazer um teste de gravidez?

Fizemos uma calculadora para ajudar a saber o melhor momento para se fazer o teste de gravidez. Veja aqui quando fazer o teste de gravidez.

Os sintomas de gravidez incluem náuseas, sonolência, dor de cabeça, azia, desejos alimentares estranhos, cabelos mais bonitos, pele mais bonita e mais sensível e alterações no seio. No entanto, estes sintomas podem variar de pessoa para pessoa. Além disso, a gravidez pode causar alterações no ciclo menstrual e na libido. É importante lembrar que cada gravidez é única e os sintomas podem variar de pessoa para pessoa.

Hoje, nós vamos conversar um pouquinho sobre os sintomas de gravidez. Muitas mulheres vêm ao consultório e falam: “Eu estou grávida! Mas eu não estou sentindo enjoo. Por quê? Minha amiga está grávida e está sentindo enjoos.” Primeira coisa: uma gravidez não é igual a outra. Existem sintomas que uma gestante pode sentir e outra não. O que se sabe é que a gente sabe que os sintomas mais comuns de gravidez são náuseas.

No primeiro trimestre, nos primeiros três meses da gravidez, ela ocorre pelo aumento nesse início de gestação da progesterona, que é hormônio da segunda fase do ciclo. A gente engravida. A progesterona aumenta. Para manter essa gravidez, pra esse bebezinho fixar no útero e manter aí nos três primeiros meses. A progesterona pode dar muita náusea. Mas não é em todas as mulheres. Por isso que algumas têm o sintoma e outras não têm o sintoma.

O que essa progesterona, ainda no início da gravidez, pode causar também é muita sonolência. Então a gestante vai se sentir mais cansada, com mais sono, mesmo durante o dia. Se ela sentar e se ela ficar um pouquinho quieta, ela pode ter um desejo de dormir, e às vezes esse desejo é incontrolável, mas também lembrando que pode não ser em todas as mulheres. Cada indivíduo é um indivíduo. Cada organismo é um organismo. E responde diferente a cada estímulo que recebe.

Além disso, dor de cabeça pode estar associada à progesterona no início da gravidez. Normalmente, as mulheres têm essa dor de cabeça e podem ter também no segundo trimestre, que é a segunda metade da gravidez. Ela pode ter mais azia. É muito comum ter azia com certos alimentos. Não existe uma regra para qual o alimento dá mais azia ou não dá mais azia. Isso é muito individual de cada mulher. Tem mulher que vai ter azia com feijão. Tem mulher que vai ter azia com um copo de água. Tem mulher que vai ter azia com suco de limão, que, em muitas mulheres, melhoram os sintomas. Então é muito individualizado.

Os desejos da gravidez, desejo de comer uma comida diferente. O que está associado a isso? Na verdade, a gente tem uma alteração no paladar quando a gente está grávida e esses desejos vêm dessa alteração de paladar e de uma ansiedade de estar grávida, de estar passando por esse período. Tem mulheres que têm desejos de comer coisas muito diferentes e outras não.

Mas uma coisa que todas as gestantes vão reparar é que o cabelo na gravidez fica maravilhoso. Os hormônios da gravidez melhoram o cabelo, estimulam o crescimento do cabelo. Esse cabelo fica mais sedoso, ele fica com um volume muito maior, com um brilho muito diferente. Isso é um ponto positivo na gravidez.

A pele. O que a gente pode sentir na pele na gravidez? As mulheres, por conta dos hormônios, elas vão começar a desenvolver na barriga grávida, uma linha chamada linha nigra, que fica bem no meio, tá bem no meio da barriga, passa em cima ali do umbigo. Essa linha Nigra é específica da gravidez e ela vai ficar presente até o final da gravidez e ela é normal. Dali uns 2-3 meses do nascimento do bebê, já ela já começa a desaparecer.

Ela é para o aumento da pigmentação da pele, assim como o aumento da pigmentação dos mamilos também acontece. E a presença de algumas papilomatoses nesse mamilo, ou seja, algumas bolinhas nos mamilos, mina que são chamados tubérculos de Montgomery, que são associados também à gravidez, e com o passar do tempo, depois que o neném nasce, ele desaparece.

Ocorre um aumento de pigmentação também na região de vulva, que também desaparece depois da gravidez. Por isso que, nas mulheres grávidas, é contraindicado a depilação a laser, porque os melanócitos eles estão muito ativados. Então, tem um risco maior de manchar a pele na gestação, se você fizer um laser.

Essas são as alterações mais comuns que você pode observar na gravidez. Mas, é muito individualizado. Cada ser é cada ser. Cada corpo age de uma maneira diferente. Se você gostou do nosso vídeo, inscreva-se no nosso canal, deu o seu like e ative o sininho de notificações.

Qual teste de gravidez devo fazer?

Tanto os testes de gravidez de farmácia quanto o teste de laboratório de sangue procuram a presença do hormônio HCG, produzido durante a gravidez. O teste de farmácia tem 99% de sensibilidade para detectar esse hormônio, mas cada marca tem uma sensibilidade diferente, sendo importante ler as instruções do fabricante para ver qual a melhor época de fazer o exame. Alguns testes podem detectar a presença do hormônio antes do atraso menstrual, mas se der negativo, é melhor esperar alguns dias e repetir novamente. O ideal é fazer o teste a partir de quatro dias de atraso menstrual e, se der negativo e a menstruação não descer, repetir o teste mais quatro dias depois. Já o teste de laboratório avalia a presença do beta HCG e tem uma avaliação quantitativa, sendo possível saber aproximadamente de quantas semanas a mulher está grávida. Esse teste pode ser realizado a partir de uma semana após a relação sexual desprotegida. Se o resultado der negativo e a mulher suspeitar de gravidez, é recomendado repetir o teste após alguns dias, já que o hormônio HCG pode demorar a aparecer em algumas mulheres.

Neste vídeo, a ginecologista Juliana Amato explica os diferentes tipos de testes de gravidez disponíveis e como eles detectam a presença do hormônio HCG (gonadotrofina coriônica) na urina ou no sangue da mulher. Ela explica que os testes de farmácia têm 99% de sensibilidade para detectar o hormônio, mas que a sensibilidade varia de acordo com a marca e o momento em que o teste é realizado. Ela também explica que os testes de laboratório são mais precisos, mas demoram mais tempo para fornecer resultados. Além disso, ela explica que o exame de sangue pode detectar a presença de HCG mais cedo do que os testes de urina, pois o hormônio aparece primeiro no sangue antes de aparecer na urina.

 

Olá! Hoje nós vamos conversar sobre um assunto que todo mundo tem dúvida: Qual teste de gravidez eu devo fazer? Vamos lá! Meu nome é Juliana Amato, sou ginecologista aqui do Instituto Amato e hoje vamos conversar sobre esse tema que gera tanta dúvida.

Pois bem, você sabe que todo o teste de gravidez detecta um hormônio que é produzido durante a gestação, que é o HCG. O HCG é chamado de gonadotrofina coriônica e esta gonadotrofina é uma glicoproteína produzida durante a gravidez. Então, tanto os testes de farmácia quanto o teste de laboratório de sangue procuram essa proteína no sangue ou na urina da paciente que está achando que está grávida.

A gonadotrofina é produzida logo quando tem a fecundação, ou seja, você tem a relação sexual no seu período fértil; se você tem a fecundação naquele momento, a partir daquele momento o beta HCG é produzido pela placenta. Essa produção é uma produção acelerada, ou seja, a cada 24 ou 48 horas a quantidade de HCG presente no corpo da mulher duplica ou triplica.

E por que a gente produz esse hormônio na gravidez? A gente produz para manter o corpo lúteo e o corpo lúteo é um folículo que estava presente na hora que você teve a fecundação e que ele vai ser responsável pela produção de progesterona no nosso organismo. Essa progesterona vai manter o endométrio espesso, evitando assim que ocorra o descamação desse endométrio e a menstruação. Ela impede a menstruação e, consequentemente se tiver tido a fecundação, ela impede o abortamento.

Portanto, o teste de gravidez procura esse hormônio que a gente falou, que é a gonadotrofina coriônica e a fração beta desse hormônio, por isso que o teste laboratorial chama beta HCG. Qual a diferença entre o teste de farmácia e o teste de sangue? E quando eu devo fazer esse exame?

Bom, o teste de farmácia tem 99% de sensibilidade para esse hormônio produzido na gravidez. Porém, cada teste de farmácia é diferente na sua sensibilidade de acordo com a época que você faz esse exame. Tem teste de farmácia que você só vai detectar a presença desse hormônio quando você tem um atraso menstrual. Existem outras marcas de teste que eles garantem ver a presença desse hormônio até quando você não tem um atraso menstrual ainda. Existem aqueles testes de fitinha, existem aqueles testes que são umas canetas, aonde tem a presença dos risquinhos, dos dois risquinhos, azuis ou vermelhos, ou os testes que aparecem no seu visor, grávida ou não grávida.

E qual é o melhor? Na verdade, eles são iguais, porém com diferença na data em que deve ser realizado. Então, quando você for à farmácia, o importante é que você leia as instruções do fabricante para ver qual a melhor época de você fazer esse exame, porque alguns vão sofrer com atraso menstrual e outros antes do atraso menstrual.

E quantos dias de atraso menstrual? Com um dia de atraso menstrual já é possível detectar um positivo? Sim, porém, aqui existe uma ressalva, se a mulher tem o seu período menstrual irregular, ou seja, ela não sabe exatamente quanto dura o seu ciclo. Fica difícil de saber quando que vai ser a sua próxima menstruação. Então, o que pode ocorrer é um erro de data, você acha, como a sua menstruação é irregular, você acha que você deveria menstruar em um dia e, na verdade, como é irregular, pode não ser esse dia. Então, se você fizer o teste de gravidez, quando você acha que você está atrasada e der negativo, isso não quer dizer que você não está grávida. O ideal é que você repita 2 a 3 dias pra frente.

Então, o que de regra é melhor? Eu, para as minhas pacientes, oriento que faça o teste de gravidez a partir de quatro dias de atraso menstrual, porque aí a gente tem uma margem de segurança se essa menstruação é irregular. E se der negativo e a menstruação não desce? Eu oriento repetir mais quatro dias pra frente.

Agora, se for aquele outro teste de farmácia que ele prevê a gravidez antes do atraso menstrual, pode ser feito antes do atraso. Porém, se der negativo, é melhor esperar mais uns dias e repetir novamente. Por quê? Porque a gente também tem que confiar nos sintomas que o nosso corpo está sentindo, ou seja, se você está com náuseas, se você está sentindo as mamas mais sensíveis, se você já está com atraso menstrual, você está sentindo um mal estar, por que você não vai confiar nos sintomas do seu corpo? Então, repita o exame.

E o importante, quando você for comprar um exame na farmácia, são algumas dicas que eu vou dar. Primeiro você precisa ver se este teste tem autorização pela Anvisa. Segundo, esse teste não está violado, se a caixa está em boas condições. Terceiro, ler a orientação do fabricante de como deve ser feito esse teste e com quantos dias de atraso. Quarto, avaliar a resposta desse produto. Se foi um teste que você comprou na farmácia e fez, mas ele não deu resultado nenhum, nem negativo, nem positivo, é um teste que não é bom. Ou seja, quando você faz o teste, normalmente ele dá um risquinho, o primeiro risquinho é o risco do controle, ou seja, o teste está funcionante. Para saber se é positivo ou negativo, ele tem que dar um segundo risquinho. Então, dois risquinhos fazem o diagnóstico de gravidez. Se após cinco minutos não apareceu nenhum risquinho, é que esse teste é falho, você vai precisar fazer um novo.

Vou mostrar como é feito o teste que a gente encontra na farmácia. Então você coloca a urina num recipiente. Pode ser um copinho, o ideal é que a urina seja a primeira do dia e, se não for a primeira do dia, que pelo menos você esteja 4 horas sem ir ao banheiro. O teste que eu vou utilizar é um teste aqui genérico. Você tira a capinha dele e você mergulha no copo com a urina. Quando você mergulha, a urina vai subindo ali no visor e a gente tem o aparecimento do primeiro risquinho. E esse primeiro risquinho quer dizer que o teste está funcionando. Esse teste pede para que espere três minutos para ler o resultado. Então, a presença de um segundo risquinho faz o diagnóstico de gravidez.

Gente, eu não estou grávida! Vocês viram que eu coloquei num copo com água, e esse teste é só pra mostrar como que é realizado, como que é a reação química para se predizer uma gravidez para dizer que o teste de gravidez é positivo. Esse tipo de teste, infelizmente, é vendido na internet e ele sempre dá positivo, mas eu utilizei ele só como demonstração.

E o teste de laboratório? O teste de laboratório avalia a presença do beta HCG e ele tem uma avaliação quantitativa, ou seja, ele vai dar um determinado número e existe uma tabela nos laboratórios que, dependendo do valor que ele dá, a gente sabe mais ou menos de quantas semanas a mulher está grávida. E a partir de quanto tempo dá para se realizar o teste de laboratório? Esse teste pode ser realizado a partir de uma semana após a relação sexual desprotegida. Ele já dá um resultado positivo.

E se der negativo e eu estou grávida? Alguns resultados podem dar indeterminados, ou seja, ele está abaixo do nível de referência do laboratório. Porém, se ele for feito muito precocemente, ele pode estar ali pegando uma gravidez inicial evolutiva. Então, o ideal é que se em uma semana deu indeterminado, espere mais dois dias e faça novamente, porque como a gente já conversou, o beta HCG duplica a cada 24 a 48 horas. Então esse valor de beta HCG vai aumentar.

Agora, algumas particularidades do teste de gravidez: ele também é realizado para acompanhamento

Imagem: Sintomas da Gravidez. Descrição: Ilustração com os principais sintomas da gravidez, como náuseas, cansaço, aumento dos seios e atraso menstrual. Categorias: Fundamentos da Fertilidade, Obstetrícia.

Sintomas da gravidez a cada semana

Dependendo da semana de gestação, os sintomas mais frequentes são:

1ª semana – Primeiros 7 dias

Durante a primeira semana de gestação, os sintomas podem passar despercebidos e serem notados apenas por mulheres que conseguem identificar alterações sutis em seus corpos, como:

  • Corrimento vaginal com coloração rosada
  • Corrimento mais espesso
  • Cólicas e inchaço abdominal.

2ª semana

Durante as primeiras duas semanas de gestação, podem surgir sintomas como:

  • Fadiga e sonolência excessiva
  • Sensibilidade mamária e escurecimento da aréola
  • Atraso ou ausência de menstruação
  • Dor lombar
  • Aversão a odores fortes
  • Alterações de humor.

1˚ mês de gestação

Durante o primeiro mês de gravidez, os sinais mais distintos são:

  • Náuseas e vômitos matinais;
  • Ânsia de comer alimentos incomuns;
  • Tonturas e dores de cabeça;
  • Aumento da frequência urinária;
  • Acne e pele oleosa.

O que fazer se suspeitar que está grávida?

Caso haja suspeita de gravidez, é recomendável que a mulher realize um teste de gravidez de farmácia, que pode ser realizado a partir do primeiro dia de atraso menstrual. Se o resultado for negativo, é aconselhável aguardar de 3 a 5 dias e, se a menstruação continuar atrasada, um novo teste de gravidez deve ser realizado.

Se o resultado também for negativo, é possível considerar a realização de um exame de sangue para detectar a gravidez, que é mais preciso e pode indicar a quantidade do hormônio Beta HCG, produzido apenas durante a gestação. Esse exame pode também indicar há quantas semanas de gestação a mulher se encontra.

Caso o resultado do teste de gravidez de farmácia continue sendo negativo mesmo após 10 dias de atraso menstrual, é pouco provável que a mulher esteja grávida. Porém, é recomendável que marque uma consulta com um ginecologista para verificar a causa do atraso menstrual.

O que fazer se o teste de farmácia der positivo?

Quando o teste de gravidez de farmácia apresenta um resultado positivo, é importante que a mulher marque uma consulta com um ginecologista para confirmar a gestação e realizar um exame de sangue específico para gravidez. Esse tipo de teste apresenta informações precisas sobre a quantidade do hormônio Beta HCG, que é produzido somente durante a gravidez. Dessa forma, o médico poderá avaliar o estágio da gestação e orientar sobre os cuidados necessários para a saúde da mãe e do bebê.

Quando o ultrassom deve ser feito?

O ultrassom é um exame de diagnóstico que pode ser usado para confirmar a gravidez. A partir das 5 semanas de gestação, o médico pode fazer uma ultrassonografia transvaginal para observar o saco gestacional e verificar se a gestação está de desenvolvendo dentro do útero, confirmando a gravidez. 

O ultrassom pode ser realizado a partir da quinta semana de gravidez para verificar se a gestação está ocorrendo dentro do útero e para identificar qualquer risco de gravidez ectópica. Entre a oitava e a décima terceira semana, o médico solicitará um ultrassom para confirmar a idade gestacional e a data prevista do parto. Embora o bebê ainda seja pequeno nessa fase, é emocionante para os pais observar o desenvolvimento fetal. No entanto, é muito cedo para determinar o sexo do bebê, mas se o médico suspeitar que é menino, é possível que seja, mas será necessário confirmar no próximo ultrassom no segundo trimestre, por volta das 20 semanas.

Rizk, B; Garcia-Velasco, J; Sallam, H; Infertility and Assisted Reproduction. 2008. Cambridge University Press. Te Linde. Ginecologia Operatoria. 8ed. Rock Thompson.

Amato, JLS. Em Busca Da Fertilidade. 2014

O que você achou?

0 / 5 Resultado 0 Votos 0

Your page rank:

Dra. Juliana Amato

Dra. Juliana Amato

Líder da equipe de Reprodução Humana do Fertilidade.org Médica Colaboradora de Infertilidade e Reprodução Humana pela USP (Universidade de São Paulo). Pós-graduado Lato Sensu em “Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida” pela Faculdade Nossa Cidade e Projeto Alfa. Master em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida pela Sociedade Paulista de Medicina Reprodutiva. Titulo de especialista pela FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e APM (Associação Paulista de Medicina).

>
error: Alert: Content selection is disabled!!