Pular para o conteúdo
Principal » A Importância da Hidratação para a Saúde Humana

A Importância da Hidratação para a Saúde Humana

A água é um componente essencial da vida, compreendendo cerca de 60 a 70% do corpo humano. Este simples composto é crucial para a manutenção de várias funções vitais, impactando diretamente a nossa saúde de diversas formas.

Sumário

Este vídeo explora a importância vital da água para o corpo humano, explicando que 60-70% do nosso corpo é composto por água. A apresentadora discute como a água é crucial para várias funções corporais, como regulação da temperatura, saúde renal e da pele, digestão, e até na prevenção de pedras nos rins e desidratação. Ela também destaca como a água ajuda na lubrificação das articulações e no funcionamento cerebral. Além disso, são fornecidas recomendações gerais sobre a ingestão diária ideal de água, que varia de acordo com o sexo, tamanho e nível de atividade física de uma pessoa, sugerindo que homens devem consumir entre 3 a 4 litros e mulheres de 2,5 a 3 litros por dia.

Você costuma tomar água no seu dia a dia?  Será que a quantidade de água que você toma é o ideal  para o funcionamento do seu corpo?  E você sabe quanto de água é necessário pro nosso corpo  ter um funcionamento normal?  Neste vídeo aqui a gente vai conversar um pouquinho sobre como a água  é importante para o nosso organismo e você vai descobrir  quanto de água você precisa tomar por dia.  Você sabia que 60 a 70% do nosso corpo é formado por água?  Você deve estar pensando como assim 60, 70% do nosso corpo é feito de água?  Não estou vendo água aqui.  Calma, gente!  60 a 70% do nosso corpo tem sim água,  porque as nossas células, elas estão impregnadas de água.  Entre uma célula e outra, a gente tem o fluido  entre elas, que basicamente é de água.  Agora você entende porque que a água é tão importante?  A gente toma.  Eu, por exemplo, eu tomava muito pouca água quando eu era mais nova.  Hoje em dia eu me forço a tomar água porque no dia a dia  é tão corrido que a gente até esquece  de levar uma garrafinha, de pensar em tomar água.  A vida é tão corrida, mas pensando de que o nosso corpo é formado por muita água.  Meu Deus, meu organismo não pode funcionando bem se eu  não tomo uma quantidade ideal de água.  Então uma dica que eu dou aqui leva uma garrafinha de água  tenha em mente que você precisa tomar quantidade ideal,  mas se não quiser tomar de uma vez, você pode tomar ao longo do dia,  deixando uma geladeirinha, Mas sempre tenha alguma coisa em mãos.  Deixa um alarme beijinho ali no seu celular.  Tem alguns aplicativos hoje em dia  que você vai colocando ali a quantidade de água que você vai tomando  e ele faz um cálculo no final do dia, se essa quantidade adequada ou não.  E esses alarmes lindos vão te lembrando a cada hora  ou a cada momento que você colocar ele para tocar  de que você precisa tomar essa água?  E por que é tão importante assim?  Eu vou conversar aqui e vou falar pra vocês  algumas situações em que a água é extremamente importante.  Você sabia que ela é responsável por manter regular  a temperatura do nosso corpo?  E como isso acontece?  Através da evaporação através da transpiração?  Você sabia que a gente transpira quando o tempo está muito quente,  que a gente libera essa água para manter a temperatura do nosso corpo?  Você sabia que quando a gente está fazendo atividade física, o nosso suor  vem dessa tentativa de regular essa temperatura corporal?  Além disso, a água, ela mantém a nossa função renal.  A função do rim é filtrar o nosso sangue,  tirar todas as impurezas e eliminar na forma de urina.  Se a gente não tomar bastante água, o que vai acontecer?  A gente não vai eliminar todas as impurezas.  A gente não vai filtrar o nosso sangue de forma adequada.  Você aí pode estar sofrendo de pedra no rim porque não está tomando muita água  e vai falsificando o seu rim, liberando essas pedrinhas.  Você já teve dor de pedra no rim?  A pior dor que existe na face da Terra.  Dizem que está muito associada e muito parecida com uma dor de parto.  Eu que não quero isso pra mim, a água também.  Ela é responsável pela manutenção da saúde da nossa pele.  Ela que ajuda a manter a elasticidade e a hidratação da nossa pele.  E se você não está tomando água suficiente,  você pode dar uma olhadinha aí na sua pele.  Ela não está ressecada, ela não está com aquele aspecto mais esbranquiçado.  Acho que você está precisando tomar água  e não ficar se enchendo de hidratante,  porque talvez essa não seja a solução para hidratação da sua pele.  Está gastando dinheiro a toa, sendo que você pode estar tomando  muita água e diminuindo o seu consumo de hidratante.  A água também.  Ela ajuda na digestão e na absorção de nutrientes,  além de estar relacionada com o funcionamento do nosso intestino.  Você já reparou que quando você toma pouca água,  às vezes a gente fica com as fezes mais ressecada?  Você pode ficar um dia sem ir no banheiro e quando vai você forma  aquelas fezes bem endurecidas em forma de bolinha.  Dói na hora de sair.  se você estivesse se hidratando bem, essas fezes  saírem de uma consistência mais pastosa  e você iria ao banheiro todos os dias, a água também.  Ela está relacionada a lubrificação das nossas articulações,  articulação de joelho, todas as articulações do nosso corpo.  Ela está associada na formação do nosso líquido sinovial, que é esse líquido  que a gente tem entre as articulações e que previne o atrito entre elas.  Além disso, a água, ela mantém um bom funcionamento do nosso cérebro.  Por acaso você já ouviu falar que uma das causas de dor de cabeça  é a desidratação?  Sim, o nosso cérebro.  Ele precisa de muita água.  Ele é formado por muita água ali, naquele entremeio dele.  E quando a gente tem uma diminuição, uma desidratação desse cérebro,  a gente tem vários sintomas além da dor de cabeça.  Pode dar falta de concentração, alteração de humor  afeta a sua memória em casos muito graves.  Pode levar até desidratação, confusão mental e delírios.  Sabe aquele velhinho que se desidrata muito rápido  e que delirando é por conta disso que isso acontece?  agora você deve estar pensando Doutora, pára de enrolar e fala  qual é a quantidade ideal de água a gente tomar durante o dia?  Depende.  Depende muito essa quantidade de água em relação ao sexo da pessoa,  se é mulher ou, se é homem do tamanho, se é alto, baixinho,  qual a sua composição corporal, quanto de atividade física faz.  Ou seja, depende muito do seu estilo de vida e da sua alimentação.  Em termos gerais, o ideal é que os homens tomam de 3 a 4 litros de água por dia  e as mulheres de 2,5 a 3 litros de água por dia.  Agora, lembrando aqui se você pratica muita atividade física,  se você mora numa região que é muito quente, você tem que aumentar  essa ingesta de água.  E aqui vão algumas dicas para você aumentar o seu consumo de água.  Leve uma garrafinha com você!  Sabe aquela garrafinha?  Você Pense, encha ela de duas a três vezes,  dependendo do tamanho dela e tome essa água toda ao longo do dia.  Não precisa tomar de uma vez, não.  Se não sua cidade está muito quente ou se você pratica  atividade física naquele dia, aumente o consumo da sua água.  E você sabia que um bom parâmetro para a gente saber se a gente está tomando  a quantidade ideal de água é a cor da sua urina?  A cor da nossa urina.  Para a gente estar hidratado, ela tem que ser um amarelo  muito clarinho, quase imperceptível.  Se a sua urina estiver amarelada, muito concentrada,  você está tomando muita pouca água.  E, além disso, escute o seu corpo.  Dor de cabeça é um sinal tardio de desidratação.  Então, se você está com dor de cabeça, quer dizer que você já está desidratado  há um bom tempo. Gostou dessas dicas?  Se você tiver mais alguma  aqui para compartilhar com a gente, se inscreva aqui embaixo  inscreva se no canal, ative o sininho de notificação e até a próxima!

Table could not be displayed.

Regulação da Temperatura Corporal

A água desempenha um papel fundamental na regulação da temperatura corporal através do processo de transpiração. Quando a temperatura externa aumenta, o corpo transpira, liberando água. Esta evaporação ajuda a esfriar o corpo, um mecanismo de defesa essencial para manter a temperatura interna em um nível seguro.

Função Renal e Excreção

Os rins são órgãos vitais para filtrar impurezas do sangue, processo que requer uma quantidade significativa de água. Se não houver água suficiente no corpo, a eficácia dessa filtração diminui, aumentando o risco de formação de pedras nos rins devido à concentração de minerais.

Manutenção da Saúde da Pele

A hidratação adequada também é refletida na pele. A água ajuda a manter a pele hidratada e elástica, reduzindo a aparência de ressecamento e envelhecimento precoce. Por outro lado, a falta de água pode deixar a pele mais vulnerável a rachaduras, irritações e outros problemas dermatológicos.

Digestão e Absorção de Nutrientes

A água facilita a digestão ao ajudar a quebrar os alimentos e dissolver nutrientes para que possam ser absorvidos pelo corpo. Além disso, auxilia na prevenção da constipação, mantendo o trato gastrointestinal hidratado e facilitando o movimento intestinal regular.

Saúde das Articulações

A lubrificação das articulações é outro aspecto vital influenciado pela ingestão de água. O líquido sinovial, que reduz o atrito entre as articulações e facilita o movimento, é composto predominantemente de água. A desidratação pode reduzir essa lubrificação, aumentando o risco de dor e desgaste articular.

Função Cerebral

A desidratação tem um impacto significativo no funcionamento do cérebro, afetando a concentração, a memória e o humor. Mesmo uma leve desidratação pode causar dores de cabeça, fadiga e redução na capacidade de atenção.

Quantidade Adequada de Água

A quantidade ideal de água necessária varia de acordo com diversos fatores, incluindo idade, sexo, peso, clima e nível de atividade física. Em geral, recomenda-se que os homens consumam cerca de 3 a 4 litros de água por dia, enquanto as mulheres devem consumir de 2,5 a 3 litros.

O que você achou?

0 / 5 Resultado 5 Votos 1

Your page rank:

Dra. Juliana Amato

Dra. Juliana Amato

Líder da equipe de Reprodução Humana do Fertilidade.org Médica Colaboradora de Infertilidade e Reprodução Humana pela USP (Universidade de São Paulo). Pós-graduado Lato Sensu em “Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida” pela Faculdade Nossa Cidade e Projeto Alfa. Master em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida pela Sociedade Paulista de Medicina Reprodutiva. Titulo de especialista pela FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e APM (Associação Paulista de Medicina).

>