Pular para o conteúdo

Tentantes

Tentantes

E aí, mulheres, tudo bem?

Hoje vamos falar sobre algo muito importante: as tentantes! Vocês sabem do que estou falando, não é mesmo? Aquelas mulheres que estão tentando, de todas as formas, ter a tão sonhada gravidez.

Eu sei que essa fase pode ser bastante desafiadora, principalmente porque muitas vezes a gente não sabe o que fazer ou como agir. Mas o importante é não desanimar e sempre buscar o apoio de profissionais capacitados e de nossos familiares e amigos.

Existem vários fatores que podem afetar a fertilidade feminina, como o tabagismo, o excesso de peso, o estresse e a má alimentação. Por isso, é importante manter hábitos saudáveis e um estilo de vida ativo para aumentar as chances de engravidar.

Quem são as tentantes?

Casais ou mulheres que estão tentando engravidar, sejam de forma espontânea ou após tratamentos de fertilidade, são conhecidos como tentantes. É recomendado procurar ajuda profissional após um ano de tentativas sem sucesso ou após seis meses para mulheres acima de 35 anos. A chance de engravidar varia com a idade da mulher, sendo mais difícil para mulheres mais velhas. Após seis meses de tentativas, cerca de 70% dos casais conseguem engravidar, enquanto 85% conseguem após um ano. Depois disso, problemas de fertilidade podem ser considerados e afetam 15% dos casais inférteis.

 

Ciclo menstrual

Para engravidar, é importante conhecer o próprio ciclo menstrual. As relações sexuais podem ser programadas de acordo com os dias mais propícios para a fertilização. O período fértil da mulher ocorre nos 14 dias antes da menstruação, que começa com o fluxo vermelho, e não com o sangramento de borra, que tem uma cor mais amarela. O ciclo menstrual pode durar de 25 a 35 dias. Para calcular o período fértil, é preciso começar a contar a partir do primeiro dia de fluxo vermelho. Se o ciclo for de 25 dias, por exemplo, o período fértil será no 11º dia, pois é preciso subtrair 14 dias do total de dias do ciclo. A conta é a mesma para todas as mulheres com ciclo entre 25 e 35 dias. Se o ciclo for irregular, é necessário procurar um ginecologista para identificar a causa e orientar sobre os tratamentos disponíveis. A Fertilidade.org também oferece uma calculadora do período fértil.

LEIA TAMBÉM:  Como saber quando está no período fértil?
LEIA TAMBÉM:  O útero
YouTube video

 

Tratamentos de Fertilidade

O tratamento para infertilidade inclui opções como a inseminação artificial, onde o sêmen é inserido na cavidade uterina, e a fertilização in vitro, onde a fertilização ocorre em laboratório e o embrião é transferido para o útero. Casais que tentam engravidar há mais de um ano podem considerar esses tratamentos, mas as taxas de sucesso podem variar. Por exemplo, a inseminação artificial pode ter uma taxa de sucesso entre 10% e 20%, enquanto a fertilização in vitro pode ter uma taxa entre 60% e 70% em mulheres até 30 anos de idade. Além disso, é importante considerar fatores externos que podem influenciar o sucesso do tratamento, como estilo de vida, alimentação, uso de medicamentos e doenças prévias. Casais que tentam engravidar há mais de um ano e já tentaram tratamentos como a inseminação artificial sem sucesso podem considerar outras opções de tratamento, como conversar com um especialista sobre outras possibilidades.

Para aumentar a possibilidade de uma gravidez bem-sucedida, é fundamental que a mulher mantenha hábitos de vida saudáveis, como deixar de fumar e beber álcool, praticar exercícios e manter o peso ideal. Além disso, é importante que os níveis de vitamina B6, vitamina D e ácido fólico sejam adequados. É crucial que os casais que estão tentando engravidar recebam apoio de amigos e familiares, bem como de profissionais de saúde qualificados, caso optem por tratamentos de infertilidade. É importante que os profissionais expliquem claramente as chances de sucesso antes de realizar qualquer procedimento.

 

 

O que você achou?

LEIA TAMBÉM:  Em busca da fertilidade.
LEIA TAMBÉM:  É possível engravidar mesmo quando o homem ejacula fora?
/ 5 Resultado Votos

Your page rank:

Marcações:
nv-author-image

Dra. Juliana Amato

Líder da equipe de Reprodução Humana do Fertilidade.org Médica Colaboradora de Infertilidade e Reprodução Humana pela USP (Universidade de São Paulo). Pós-graduado Lato Sensu em “Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida” pela Faculdade Nossa Cidade e Projeto Alfa. Master em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida pela Sociedade Paulista de Medicina Reprodutiva. Titulo de especialista pela FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e APM (Associação Paulista de Medicina).

>
error: Alert: Content selection is disabled!!