Pular para o conteúdo
Período fértil

Quantos dias após a menstruação é o período fértil?

Para engravidar ou evitar uma gravidez indesejada, a mulher deve ficar atenta ao seu período fértil. É durante essa fase que acontece a fecundação, com o encontro entre o gameta masculino (espermatozoide) e o gameta feminino (óvulo). O período fértil está diretamente ligado à menstruação e, assim como o fluxo menstrual, acontece todos os meses. Veremos agora quanto tempo depois da menstruação o corpo permanece apto para gerar um bebê.

Sumário

Período fértil, ciclo menstrual e menstruação: o que tem a ver?

O ciclo menstrual é o intervalo entre uma menstruação e outra e começa a ser contado a partir do primeiro dia da menstruação daquele mês até o primeiro dia da menstruação seguinte.

Algumas mulheres têm ciclos regulares, com dias certos entre as menstruações. Outras não apresentam esse intervalo de forma rigorosa. Possuem ciclos irregulares, com intervalos que variam bastante sem seguir uma média.

Até aqui, você viu que o ciclo menstrual e a menstruação estão interligados. E o que tem a ver o período fértil com esses dois termos? Tem tudo a ver. O período fértil acontece, quase sempre, na metade do ciclo menstrual. Se a mulher tem um ciclo de 28 dias, o período fértil acontece por volta do 14º dia do ciclo. 

Mulheres que não têm certeza sobre o seu ciclo devem anotar em um calendário o primeiro dia da menstruação e o primeiro dia da próxima menstruação, durante uns 6 meses. Assim, ela terá mais certeza sobre a regularidade do seu ciclo.

Então, o ciclo menstrual é o tempo entre uma menstruação e outra. Enquanto o período fértil é quando a menstruação já foi embora e o corpo está pronto para liberar o óvulo e, caso esse óvulo seja fecundado, gestar um lindo bebê.

O ciclo menstrual é o processo de alterações hormonais no corpo da mulher que tem como objetivo a reprodução. Ele culmina com a menstruação, que é a descamação do endométrio, a camada dentro do útero. O ciclo menstrual dura de 21 a 35 dias, em média 28 dias, e é dividido em três fases: fase folicular, ovulatória e lútea. Na fase folicular, há altos níveis de FSH (hormônio folículo estimulante) e baixos níveis de estrogênio e progesterona. O FSH estimula o crescimento dos folículos nos ovários e aumenta a produção de estrogênio, que aumenta a produção de muco vaginal favorável à passagem de espermatozoides. Essa fase dura cerca de 14 dias. Na fase ovulatória, há um aumento de LH (hormônio luteinizante), que marca o fim da fase folicular e faz com que o folículo dentro do ovário ecloda e libere o óvulo, o que é conhecido como ovulação. Essa ovulação dura de 16 a 32 horas. Em seguida, começa a fase lútea, que ocorre logo após a ovulação. Neste momento, o óvulo liberado forma um cisto de corpo lúteo no ovário, que produz estrogênio e progesterona. A fase lútea dura cerca de 14 dias. Se a gravidez não ocorrer, o cisto de corpo lúteo desaparece e os níveis de estrogênio e progesterona diminuem, o que leva à menstruação.

LEIA TAMBÉM:  Tenho que estar menstruando antes de usar Clomid?

Olá! Nesse vídeo nós vamos conversar um pouquinho sobre  ciclo menstrual. Você sabe como funciona o seu? Vamos lá. O  ciclo menstrual são as alterações hormonais  fisiológicas que ocorrem no corpo da mulher e tem a  finalidade de reprodução. O ciclo menstrual ele culmina com  a menstruação e a menstruação nada mais é do que a descamação  do endométrio. O endométrio é essa camada que tem dentro do  útero. Quando ela descama e sai, é a nossa menstruação. Os ciclos,  eles podem durar de vinte e um a trinta e cinco dias com uma  média de vinte e oito dias na população em geral. Vamos  conhecer todas as fases do ciclo menstrual? A primeira  fase do ciclo é a fase folicular. A fase folicular  aonde a gente tem o FSH alto que é o hormônio folículo  estimulante e aonde o estrogênio e a progesterona  estão baixinhos. O que ocorre é que esse hormônio folículo estimulante,  ele age nos folículos que estão dentro dos ovários, fazendo  estes crescerem e produzirem mais estrogênio. Com o aumento  do estrogênio, a gente tem um aumento da produção do muco  vaginal, por isso que nas fases que antecedem a ovulação, a  gente percebe que a gente tem aquele muco com aspecto de  clara de ovo, é por conta disso, estrogênio aumenta,  aumenta a produção de muco e esse muco, ele é favorável a passagem dos  espermatozoides. Essa fase folicular. ela dura mais ou  menos quatorze dias. Após esses catorze dias a gente vai ter um  aumento de um outro hormônio chamado LH que é o hormônio  luteizante e aqui esse hormônio luteinizante.  E aqui, esse hormônio luteinizante, ele marca o fim da  fase folicular e assim a gente começa a segunda fase do ciclo  menstrual que é a fase ovulatória. A fase ovulatória,  ela começa com o pico desse hormônio lluteinizante esse  hormônio, ele faz com que o folículo dentro do ovário, ele  ecloda e libera o óvulo, é a ovulação. E essa ovulação, ela  tem uma duração de dezesseis a trinta e duas horas e aí a  gente inicia a terceira fase do ciclo que é a fase lútea, A fase lútea, ela  ocorre logo após a ovulação ou seja, logo após que o óvulo, ele  sai do folículo. Aqui o que acontece? Há formação do cisto  de corpo lúteo no ovário. Por quê? Porque o óvulo saiu desse  folículo e formou lá um cistinho de corpo lúteo, esse  cisto, ele produz estrogênio e progesterona. Acho que você ou  algumas mulheres já foram nessa fase fazer um ultrassom e  quando o ultrassonografista fala “nossa! Olha, você tá um  cisto de corpo lúteo” ou depois você vai dar uma olhada no seu  exame e fala, nossa, aqui no laudo tem um cisto de corpo  lúteo, estou com o cisto, que que eu faço? Na verdade, o cisto  de corpo lúteo é esse folículo que eclodiu, então tá tudo bem,  ele não é nenhuma patologia, ele não causa problema algum. Nesse  ponto, se não ocorre a fecundação, o estrogênio e a  progesterona para de ser produzido e aí a menstruação ocorre,  porque há o desabamento da camada do endométrio. E é nessa  fase que a gente tem essas alterações hormonais é que a  gente começa a ter os sintomas da TPM. Então, tem mulheres que  têm esses sintomas mais leves, outras tem os sintomas mais  agudos que podem ser enxaqueca, irritabilidade, a gente sente  na balança, às vezes, o aumento de peso por maior retenção de  líquido, mas essa sensação passa, esses sintomas passam  cerca de três a quatro dias. A medida que a mulher, ela vai  amadurecendo, o ciclo menstrual, ele começa a alterar também,  então às vezes os ciclos, eles vão ficando mais curtos, às  vezes menstrua duas vezes no mês ou às vezes menstrua uma  vez só com fluxo muito aumentado que dura dez ou  quinze dias ou pode ser um padrão diferente, ela menstrua  a cada quarenta dias ou a cada cinquenta dias, às vezes pula  mês e são alterações também fisiológicas que fazem parte do  nosso processo de amadurecimento como pessoa e  como organismo. E o fato interessante é que em janeiro  de 2022 foi publicado na revista The Jornal of North American Menopause Society  da Universidade d Pittsburgh e que avaliaram várias mulheres e a  conclusão que esse estudo chegou é que as mulheres que já  começam a ter essa alteração de menstruação antes mesmo de entrar na  menopausa tão esses ciclos menstruais começam a ficar  irregulares tanto pra diminuição do intervalo quanto  pro aumento de intervalo, ela tem um aumento da chance de  desenvolver doença cardíaca. Por isso que é muito importante  quando você mulher começa a ter alguma alteração na sua  menstruação tanto pra mais quanto pra menos que você  procure o ginecologista. O ideal é que a mulher, ela tenha  um acompanhamento em todas as suas fases hormonais, mas essa é uma  fase que a gente tem que ficar mais de olho, porque a gente  pode prevenir doenças cardíacas futuras que podem se  desenvolver justamente nessa fase. Espero que cês tenham  gostado desse vídeo e não se esqueça de inscrever-se no  nosso canal, dá o seu like, ative o sininho de notificação,  fale pra uma amiga que tá precisando de umas dicas e até a próxima!  O período fértil feminino é aquele em que a mulher tem maior chance de engravidar, pois é quando ocorre a ovulação, ou seja, a liberação de um óvulo pelo ovário. Alguns dos sintomas do período fértil são aumento da libido, aumento da sensibilidade dos seios, corrimento semelhante à clara de ovo e aumento da temperatura basal. É possível calcular o período fértil através do método do calendário, do método da temperatura basal ou do método dos dias férteis. É importante destacar que esses métodos são apenas uma aproximação e não são 100% precisos. O uso de métodos contraceptivos também é uma forma de evitar a gravidez durante o período fértil.

LEIA TAMBÉM:  Qual é o período mais fértil para engravidar?

Quantos dias após a menstruação é o período fértil

Se o período fértil acontece depois da menstruação, quantos dias após o fluxo menstrual ele começa? Para visualizar melhor essa pequena conta, sugiro usar um calendário e anotar o primeiro dia da sua penúltima menstruação e o dia seguinte da sua última menstruação, ou da próxima, caso você saiba certinho quando ela deverá chegar.

Vamos lá. Normalmente, o período fértil da mulher acontece por volta da metade do ciclo menstrual, como já vimos no tópico anterior. Então, basta contar entre 10 e 14 dias após o primeiro dia da menstruação e você terá um momento propício para engravidar.

É uma conta simples, mas que pode confundir um pouco, principalmente quando a mulher não tem um fluxo menstrual bem definido ou quando o seu ciclo é bagunçado, o que é bem comum. Mesmo assim, é importante usar esse número de dias para ter um parâmetro pelo qual se basear.

O período fértil é o período em que a mulher pode engravidar. Para determinar o seu período fértil, é preciso conhecer o ciclo menstrual da mulher. Se o ciclo é regular, o período fértil geralmente ocorre entre o 10º e o 14º dia. Se o ciclo é mais curto, o período fértil pode ocorrer entre o 8º e o 10º dia. Se o ciclo é mais longo, o período fértil pode ocorrer entre o 15º e o 18º dia. Alguns sinais podem indicar o período fértil, como dor pélvica, aumento do muco vaginal e aumento da temperatura. No entanto, esses sinais não são confiáveis ​​em todos os casos. Os testes de LH disponíveis na farmácia são uma opção confiável para determinar o período fértil. A fertilização ocorre quando o espermatozoide encontra o óvulo e o fertiliza. A implantação ocorre quando o embrião se implanta no endométrio.

Olá meu nome Juliana Amato.  Hoje nós vamos conversar um  pouquinho sobre a determinação do  período fértil.  Muitas pacientes escrevem  perguntando como que determina o  seu período fértil.  Não é uma coisa muito simples de se  fazer.  Se você tem um ciclo  menstrual com dias pré  determinados, por exemplo, regulares  de 28 dias.  Assim é fácil, mas você sabe  porque o seu período fértil vai  estar no meio do seu ciclo entre  o 10 e o 14  dia do ciclo.  Então o ideal no seu  período fértil você tem relação  entre o 10-14 um  dia sim um dia.  Se você tem um ciclo  mais curto de 20-25  dias aí começa a mudar  um pouquinho porque o seu período  fértil não vai ser mais  naquele período do  10-14.  Então o que é necessário fazer  puxar essa contagem de dias um pouco  mais para trás.  Então pra quem tem um ciclo mais  curto vai sem ferir  o 8 e o 10 dia.  Então vai manter relações sexuais  nesse período.  E para quem tem ciclos de 30  a 35 dias  a gente tem que puxar esses  dias mais para frente.  Ou seja se seria normalmente  no 10-14  em relação ao  15-18 um Dia sim e um dia nao  . Algumas mulheres  mas não a regra, apresentam  alguns sinais em seu ponto que  prediz em ovulação  quais sinais são esses?  Por exemplo uma dor no  meio do ciclo para dor pélvica  mais baixa parecendo  uma pontada que as  vezes dura  um dia um dia e meio.  A gente chama de dor é a  dor da ovulação.  Muitas mulheres sentem,  mas muitas não sentem.  Para aquelas que sentem  essa dor é um indício de ovulação.  No período ovulatório existe  um aumento do muco vaginal.  Então a gente tem a percepção  de que a vagina fica  mais úmida  e com uma secreção mais grudenta  mais ___ parece  uma gelatina.  Isso é indício também do  período fértil.  Quando tiver essa sensação  também manter relação.  Que muito é dito na internet é  que o aumento da temperatura  também prediz a ovulação.  Porém esse aumento da temperatura  ele é difícil de ser mensurado.  Para fazer essa medida  a mulher tem que antes de levantar  da cama de colocar o pé no chão  colocar o termômetro e é  uma alteração muito pequena de  meio centígrado.  Então se ela tiver alguma infecção  se ela tiver gripada na época  se tiver dormido com muito cobertor  vai ser muito difícil a gente  mensurar essa diferença de  0,5 centigrado então indico  uma outra maneira de  saber se está no período fértil  e fazer os testes de LH  que existem na farmácia.  Eles são testes fidedignos  e eles diminuem a  ansiedade de saber em que período  está ovulando.  Esses sinais ajudam a  gente.  Esses sinais ajudam.  A direcionar  para saber qual a melhor época para  ter relação e devemos  usá los a nosso favor.  Se você gostou do nosso vídeo se  inscreva na nossa página.  Dê o seu like.  Deixe seu comentário aqui abaixo  e ative o sininho notificação para  receber mais vídeos. 

É possível engravidar durante a menstruação?

Não é possível e para entender isso vamos definir a menstruação. O sangue menstrual que a mulher libera todos os meses acontece justamente porque não houve gravidez

O período fértil não é apenas a liberação do óvulo. É também a preparação completa do útero para acomodar e gerar uma criança. 

O corpo da mulher se programa para este evento. Quando isso não acontece, o endométrio (camada que reveste a parede interna do útero) se desprende e é liberada junto com outros tecidos uterinos, originando a menstruação.

 

Qual a probabilidade de engravidar após o período fértil?

Essa também é uma dúvida muito comum entre as mulheres. Na verdade, a mulher só engravida durante o período fértil porque é quando há a liberação do óvulo. Agora, o que pode acontecer é o ato sexual antes do período fértil, resultando em uma gravidez, às vezes, indesejada.

Explico: o espermatozoide tem uma sobrevida de até 4 dias dentro do útero da mulher. Caso ela mantenha relações sexuais alguns dias antes de entrar no período fértil, é possível que o seu óvulo encontre aquele espermatozoide circulando por ali e gere uma gravidez.

Engravidar depois do período fértil também pode acontecer desta forma. Supondo que você tenha certeza de que está no seu último dia fértil e, então, no dia seguinte mantém relações sexuais sem preservativo.

Caso o seu óvulo tenha sido liberado justamente no último dia fértil, ele permanecerá vivo por cerca de 24 horas e poderá encontrar o espermatozoide, liberado após o ato sexual sem camisinha. 

Também pode ser que a mulher não saiba que está dentro do período fértil e acabe engravidando. É muito comum quando ela tem um ciclo irregular ou quando se engana na hora de fazer o cálculo dos seus dias férteis.

É importante lembrar que o nosso organismo não funciona como um relógio, com exatidão de acontecimentos. Inúmeras variações e alterações podem acontecer até mesmo com mulheres que possuem ciclos regulares.

Como eu sei que estou no período fértil?

Para identificar melhor os dias em que está no período fértil ou não, temos algumas dicas que, juntas, aumentam a eficácia dessa informação. O que você deve observar:

  • A vagina libera um muco mais grosso e gelatinoso, sem cor e sem cheiro. Esse muco deixa o ato sexual mais agradável;
  • O seu apetite sexual aumenta;
  • A vontade de comer doces e frituras também fica mais forte;
  • Você sente seu corpo mais quente do que nos outros dias;
  • Você fica mais irritada, aborrecida sem motivo;
  • É possível que você sinta alguma pontada na região do ventre, como uma pequena cólica passageira;
  • Seu rosto fica mais oleoso, fazendo com que cravos e espinhas surjam com facilidade.

Algumas mulheres associam estes sintomas a uma possível tensão pré-menstrual (TPM) antecipada. Mas, na verdade, é o corpo que está se preparando para liberar o óvulo, receber o espermatozoide, realizar o encontro entre eles e iniciar uma gravidez.

Lembra que dissemos que o organismo da mulher se prepara para este evento? Todos esses sinais são resultado das funções biológicas do corpo, do gasto de energia e da ação dos hormônios, todos envolvidos nesse processo que acontece todos os meses.

E, quando não acontece, a menstruação desce, como também já explicamos anteriormente. 

É muito importante saber todas essas informações sobre o seu corpo. Apesar de serem conceitos básicos, ainda são muito envoltos em dúvidas, preconceito e desinformação, principalmente por causa da resistência da sociedade em falar sobre o assunto. 

Caso ainda tenha alguma dúvida sobre esta ou outra questão envolvendo a sua intimidade ou fertilidade, não deixe de consultar o seu ginecologista.

O que você achou?

Quantos dias após a menstruação é o período fértil? Para engravidar ou evitar uma gravidezA gravidez se refere ao estado resultante da fecundação de... indesejada, a mulher deve ficar atenta ao seu período fértil. É durante essa fase que acontece a fecundação, com o encontro entre o gametaUma célula reprodutiva. O espermatozóide em homens, o óvu... masculino (espermatozoide) e o gameta feminino (óvulo). O… Continue a ler »Quantos dias após a menstruação é o período fértil?
4.44 1 5 9
/ 5 Resultado 4.44 Votos 9

Your page rank:

nv-author-image

Dra. Juliana Amato

Líder da equipe de Reprodução Humana do Fertilidade.org Médica Colaboradora de Infertilidade e Reprodução Humana pela USP (Universidade de São Paulo). Pós-graduado Lato Sensu em “Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida” pela Faculdade Nossa Cidade e Projeto Alfa. Master em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida pela Sociedade Paulista de Medicina Reprodutiva. Titulo de especialista pela FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e APM (Associação Paulista de Medicina).

>
error: Alert: Content selection is disabled!!