Implantação

Implantação do embrião

Durante todo este tempo o embrião vem se movimentando ao longo dos tubos de falópio, mas no estágio de blastocisto o embrião adentra o útero. Ele vai crescer e irá formar conexões com a mãe através de vasos sanguíneos. Este estágio de conexão com o útero é chamado “implantação” e é outro estágio crítico para a obtenção da gravidez.
Neste ponto, o embrião está mandando componentes químicos na corrente sanguínea da mãe, e após 2 semanas da fertilização os componentes químicos terão alcançado um nível capaz de ser percebido por um teste de gravidez.
O embrião deve então continuar a crescer e desenvolver os diferentes tipos de células e estruturas necessárias para se tornar um bebê. O processo de concepção ocorreu e a mulher está grávida.

Fonte: Amato, JLS. Em Busca Da Fertilidade. 2014

LEIA TAMBÉM:  Os ovários
nv-author-image

Dra. Juliana Amato

Líder da equipe de Reprodução Humana do Fertilidade.org Médica Colaboradora de Infertilidade e Reprodução Humana pela USP (Universidade de São Paulo). Pós-graduado Lato Sensu em “Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida” pela Faculdade Nossa Cidade e Projeto Alfa. Master em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida pela Sociedade Paulista de Medicina Reprodutiva. Titulo de especialista pela FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e APM (Associação Paulista de Medicina).