Pular para o conteúdo
Principal » Teste de gravidez de farmácia: quando fazer?

Teste de gravidez de farmácia: quando fazer?

Se você está tentando realizar o sonho da maternidade, bem sabe o quanto um atraso na menstruação pode gerar uma grande ansiedade. A boa notícia é que o teste de gravidez de farmácia pode acabar com a sua dúvida em apenas alguns minutos. Prático e acessível, ele pode ser comprado sem prescrição médica e ser realizado em casa sem nenhuma dificuldade. 

Mas, com quantos dias de gravidez o teste de farmácia dá positivo? O dispositivo é confiável? Como funciona? Como fazer o teste? No artigo a seguir você vai encontrar a resposta para essas e muitas outras perguntas. Vale a pena ler até o final!

 

Sumário

Kit 10x Teste Gravidez Confira Tira Resultado Em 1 Minuto
Clearblue Teste De Gravidez Com Indicador De Semanas 1 Unidade
Clearblue Teste De Gravidez Resultado 6 Dias Antes 1 Unidade
Clearblue Teste De Gravidez Detecção Rápida 2 Unidades
Kit 10x Teste Gravidez Confira Tira Resultado Em 1 Minuto
Clearblue Teste De Gravidez Com Indicador De Semanas 1 Unidade
Clearblue Teste De Gravidez Resultado 6 Dias Antes 1 Unidade
Clearblue Teste De Gravidez Detecção Rápida 2 Unidades
R$ 15,80
R$ 54,45
R$ 27,00
R$ 35,99
-
-
-
-
Kit 10x Teste Gravidez Confira Tira Resultado Em 1 Minuto
Kit 10x Teste Gravidez Confira Tira Resultado Em 1 Minuto
R$ 15,80
-
Clearblue Teste De Gravidez Com Indicador De Semanas 1 Unidade
Clearblue Teste De Gravidez Com Indicador De Semanas 1 Unidade
R$ 54,45
-
Clearblue Teste De Gravidez Resultado 6 Dias Antes 1 Unidade
Clearblue Teste De Gravidez Resultado 6 Dias Antes 1 Unidade
R$ 27,00
-
Clearblue Teste De Gravidez Detecção Rápida 2 Unidades
Clearblue Teste De Gravidez Detecção Rápida 2 Unidades
R$ 35,99
-

Como funciona o teste de gravidez de farmácia?

teste de gravidez de farmácia é um dispositivo que detecta a presença do hormônio HCG (Gonadotrofina Coriônica Humana) na urina da mulher. Vale a pena destacar que esse hormônio é produzido pela placenta e portanto, só se faz presente quando a mulher está grávida.

O teste de farmácia pode ser encontrado em marcas e formatos diferentes. Independentemente do formato, o dispositivo possui duas tiras, uma que indica que o teste está funcionando e outra, que só é ativada quando os anticorpos presentes na fita encontram o hormônio HCG na urina.

Como fazer

Alguns testes de gravidez acompanham um coletor de urina, enquanto outros possuem uma ponta que é colocada em contato direto com o jato, ou seja, dispensam o uso do potinho. 

Para obter um resultado mais confiável, recomenda-se aguardar o atraso menstrual e fazer o teste de gravidez com a primeira urina da manhã. Isso porque em ambos os casos a concentração do hormônio é maior, o que diminui consideravelmente as chances de um resultado falso.

Cada fabricante possui suas recomendações para a realização do teste, por isso, é muito importante ler a bula do dispositivo antes de fazer o exame. Mas, geralmente os testes apresentam seus resultados após 3 minutos. E por mais que isso pareça uma eternidade para você, é preciso esperar pacientemente o tempo indicado nas instruções do seu teste!

Com quanto tempo dá para saber se a mulher está grávida?

De acordo com especialistas, é possível identificar uma gravidez a partir do 10º dia de fecundação do óvulo, já que é a partir dessa data que o hormônio HCG começa a ser produzido. Apesar disso, o indicado é fazer o teste de gravidez de farmácia após o atraso da menstruação, pois ele é menos sensível para detectar o hormônio.

Teste de gravidez de farmácia é confiável?

Conforme pontuamos anteriormente, o teste de gravidez de farmácia possui anticorpos que reagem em contato com o hormônio HCG presente na urina da mulher. Então sim, o dispositivo é confiável e desde que você siga à risca as recomendações do fabricante, terá grandes chances de obter um resultado 99% seguro.

O falso-negativo e o falso-positivo

Embora confiável, o teste de gravidez de farmácia nem sempre funciona. Mas por que isso acontece? Na verdade, vários motivos podem levar a um resultado falso-positivo ou falso-negativo.

Uma das principais causas para um falso-negativo, por exemplo, é a baixa concentração do hormônio HCG no organismo. Isso pode acontecer caso o teste seja realizado precocemente (antes do atraso menstrual) ou caso a urina utilizada não seja a primeira da manhã. 

Por outro lado, existem patologias que estimulam a produção do hormônio HCG no organismo, mesmo que a mulher não esteja grávida. Nesse caso, o diagnóstico é falso-positivo.

Teste de gravidez com coloração fraca

Na prática, a cor das duas linhas, riscas ou listas só é liberada quando existe a presença do hormônio HCG na urina. Então, mesmo que a segunda linha se apresente mais fraca, é possível que você esteja grávida.

Contudo, você pode tirar essa dúvida repetindo o teste após 3 dias ou realizando o exame de sangue, o Beta HCG. Ele é barato, não requer pedido médico e, dependendo do laboratório, fica pronto no mesmo dia.

Sinais de uma possível gravidez

Ainda em dúvida se está grávida? Alguns sintomas são característicos de gravidez e podem indicar que tem um bebê a caminho. Entre os mais comuns destacam-se:

  • Cansaço e indisposição física;
  • Alterações de humor;
  • Sensibilidade e aumento dos seios;
  • Cólica abdominal leve;
  • Enjoos, principalmente na parte da manhã;
  • Pequeno sangramento vaginal;
  • Azia;
  • Olfato e paladar mais apurado;
  • Vontade de fazer xixi com frequência.

Cabe ressaltar que nem sempre uma gestação vem acompanhada de sintomas. E ainda que eles apareçam, não significa que você esteja de fato grávida. Até mesmo porque o fator psicológico e a ansiedade também podem desencadear essa explosão de sensações. Nesse contexto, um teste de gravidez de farmácia e a consulta com um ginecologista ou obstetra podem ser bem úteis para confirmar ou não a gravidez e assegurar a sua saúde.  

O vídeo aborda os sintomas do início da gravidez, explicando que cada mulher pode ter experiências diferentes e que os sintomas podem variar mesmo em gravidezes subsequentes da mesma mulher. A médica explica que muitas mulheres apresentam sono excessivo devido ao aumento de progesterona, um hormônio essencial para manter a gravidez. No entanto, ela salienta que nem todas as mulheres sentirão isso e que muito depende da bioindividualidade.

Outro sintoma comum são as náuseas, que também são influenciadas pelo aumento da progesterona. Elas podem ser mais intensas para algumas mulheres e mais leves para outras, e geralmente diminuem após o terceiro mês de gravidez.

A médica também menciona alterações nas mamas, que ficam mais inchadas e doloridas devido às mudanças hormonais. Mulheres em suas segundas ou terceiras gravidezes frequentemente sentem esses sintomas mais cedo. Cólicas também são comuns no início da gravidez devido às alterações hormonais e ao estiramento do útero. No entanto, se a cólica vier acompanhada de sangramento ou dor ao urinar, é fundamental consultar um médico.

Outros sintomas menores incluem dificuldades respiratórias leves e aumento da frequência cardíaca. A médica também aborda cuidados especiais que devem ser tomados durante a gravidez, como o uso de protetor solar para evitar manchas de pele, e menciona que o cabelo tende a crescer mais rápido e ficar mais volumoso durante a gravidez.

O vídeo termina incentivando os espectadores a se inscreverem no canal, curtir o vídeo e ativar as notificações.

Olá! Hoje nós vamos conversar um pouquinho sobre os sintomas de inicio de gravidez. Muitas mulheres que se vêem grávidas chegam ao consultório e perguntam: “Doutora, mas eu não estou sentindo o que a minha amiga sentia!” ou “Eu não estou sentindo que eu senti na primeira gravidez. “Será que eu estou grávida mesmo?” “Será que minha gravidez ela está evoluindo bem? Eu estou com receio!” ou quando está passando muito mal, com muita náusea, “Tem alguma coisa errada na minha gravidez? Porque estou passando muito mal!” Então vamos conversar um pouquinho sobre os sintomas do início da gravidez. A maioria das mulheres, elas têm muito sono e porquê é que ocorre esse aumento do sono no início? No início, a gente tem um aumento exagerado da progesterona, então essa progesterona é aumentada para ajudar a manter a gravidez dentro do útero. Mas a gente sabe que a progesterona aumenta o sono, então a maioria das mulheres, elas podem ter uma sonolência, um cansaço maior durante o dia. Todas vão ter? Não são todas que vão ter. Por quê? Porque depende muito da bioindividualidade de cada um. Às vezes, eu tenho mais sono e eu fico com mais sono normalmente e se eu ficar grávida, vou ficar com mais sono ou eu não tenho tanto sono, sou uma pessoa do dia mesmo, que eu fique um pouquinho mais sonolenta, eu sou mais ativa e vou ficar ativa durante o dia. Então é difícil falar que todas vão ficar sonolentas. Existe essa probabilidade grande de ficar, mas cada mulher uma, cada organismo age de uma maneira, então a gente não pode generalizar. Náuseas, as náuseas também acontecem pelo aumento da progesterona. Depende muito de mulher para mulher. Tem mulher que atura muito bem náusea e tem mulher que a náusea é insuportável e essa náusea ela não é assim em todas as mulheres que acontece e depende muito de cada fase da gestação. O comum é que ocorra no início, mas não é na primeira semana, às vezes não é na segunda semana. Às vezes, ela tem uma semana com náusea e não tem mais ou tem mulheres que já se vêem grávidas e já ficam causadas do início até o terceiro mês. O que se sabe é que em estudo populacional, quando se tem náusea, a partir do terceiro mês, essa náusea ela diminui. Normalmente, ela cessa e aí a náusea começa novamente lá no fim da gravidez no terceiro trimestre. Mas é muito individualizado de mulher para mulher. Algumas pacientes reclamam de alterações nas mamas, as mamas ficam mais inchadas, as mamas ficam mais doloridas, é por alteração hormonal é normal. Normalmente, as mulheres que estão numa segunda ou terceira gravidez, elas sentem esses sintomas muito antes das outras mulheres, que elas já tiveram essa alteração hormonal na primeira gravidez. Cólica! A cólica é muito comum no início da gravidez, vão ocorrer as alterações hormonais iniciais dessa gravidez, o útero ele vai se distendendo, ele vai responder a essas alterações hormonais e a mulher ela tem uma sensação de cólica. É normal ter cólica? É normal! Quando eu devo me preocupar com a cólica? Quando ela está associada à dor para urinar e sangramento. Aí é importante procurar um médico para avaliar se está com uma infecção urinária associada ou se está com um descolamento da placenta, se está com um sangramento de colo de útero ou até mesmo tem um abortamento. Outro sintoma da gravidez também pode ser uma dificuldade respiratória mais leve com o aumento da frequência cardíaca não exagerada. Por quê? Porque na mulher aumenta o débito cardíaco, aumenta esse sangue circulante, ela fica com uma sensação de estar mais taquicardia mesmo, o coração pulsando um pouquinho mais forte. Além disso aí já não são tanto sintomas da gravidez, mas o que a mulher ela tem que tomar cuidado durante a gravidez. As mulheres grávidas, elas têm uma ativação dos melanócitos que são aquelas células de pigmentação da pele. É muito importante que na gravidez faça-se o uso de protetor solar, principalmente no rosto, porque nessa fase a mulher se tomar sol ela está mais propensa a formação de melasma, que são aquelas manchas marrom usadas no rosto. E uma alteração boa que acontece na gravidez é que o cabelo ele cresce mais rápido e ele fica mais cheio, ele fica mais bonito, mais brilhoso. Isso é uma alteração muito boa que ocorre durante a gravidez, então o ideal é cuidar dos cabelos durante a gravidez, porque quando o neném nasce, depois com a amamentação os cabelos tende a cair um pouquinho, mas o seu médico depois do parto e depois que o neném nascer, ele vai indicar um tratamento para o cabelo não cair tanto. Se você gostou do nosso vídeo, inscreva se no nosso canal, dê o seu like e ative o sininho de notificações.

O que fazer após inúmeros resultados negativos? A reprodução assistida pode ser a solução

De fato, um resultado negativo pode ser muito frustrante, principalmente se você está tentando engravidar. Mas a boa notícia é que você não precisa perder as esperanças, mesmo que o seu relógio biológico da reprodução esteja no limite. Com os tratamentos de reprodução humana da atualidade você pode formar a sua família, seja qual for a sua idade.

Na Fertilidade.org, a clínica de reprodução assistida do Instituto Amato, você tem acesso aos melhores tratamentos de infertilidade possíveis, como Fertilização In Vitro (FIV), Inseminação Intra-uterina (IIU), Congelamento de Óvulos, Inseminação Artificial entre muitos outros. Todas as técnicas são indicadas e conduzidas por profissionais altamente especializados, para que você consiga realizar o sonho da maternidade.

Muito mais que uma clínica de reprodução humana, a Fertilidade.org é uma empresa que há mais de 37 anos cuida da saúde da mulher. Além dos tratamentos para infertilidade, realizamos também consultas médicas, exames de ultrassonografia ginecológica e obstétrica, exames de Papanicolau, colocação de DIU entre outros procedimentos minimamente invasivos. 

Quer saber mais sobre a equipe Fertilidade.org e tudo o que ela pode fazer pela sua saúde e bem-estar? Então acesse o nosso site, conheça os nossos tratamentos e marque a sua consulta.

 

O que você achou?

0 / 5 Resultado 0 Votos 0

Your page rank:

Marcações:
Dra. Juliana Amato

Dra. Juliana Amato

Líder da equipe de Reprodução Humana do Fertilidade.org Médica Colaboradora de Infertilidade e Reprodução Humana pela USP (Universidade de São Paulo). Pós-graduado Lato Sensu em “Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida” pela Faculdade Nossa Cidade e Projeto Alfa. Master em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida pela Sociedade Paulista de Medicina Reprodutiva. Titulo de especialista pela FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e APM (Associação Paulista de Medicina).

>