Quanto custa uma fertilização in vitro em 2021?

Fertilização in vitro

Um novo ano se inicia e com ele muitos casais planejam começar um tratamento de fertilidade para realizarem o sonho de ter um bebê. Atualmente, existem diversos tipos de tratamento, sendo que a fertilização in vitro (FIV) é uma das mais conhecidas já que ela pode ser bem-sucedida até em casos mais complexos de infertilidade.

Por conseguir ajudar em casos mais complicados, o valor desse tratamento costuma ser mais elevado que outros, como a indução da ovulação ou a relação sexual programada. Sendo assim, seu valor gera curiosidade nos casais que desejam saber se conseguem realizar uma fertilização, caso seja necessário.

Para saber quanto custa uma fertilização in vitro em 2021, primeiro o casal deve conhecer bem o procedimento e entender quais são os custos envolvidos nesse tratamento. Por isso, a seguir, vamos explicar as etapas da FIV e quais custos devem ser considerados na hora de calcular o valor de todo o procedimento.

Procedimento da fertilização in vitro

De forma simplificada, na FIV é realizada a indução da ovulação na mulher para estimular o desenvolvimento e a liberação de óvulos que serão fecundados com o espermatozoide em um meio de cultura.

Após a formação do embrião, este é transferido para o útero da mulher. Depois de alguns dias da realização do procedimento, a paciente deve ir ao médico para conferir se o tratamento foi bem-sucedido. Veja, agora, os custos envolvidos em cada uma dessas etapas:

Estimulação da ovulação

A indução da ovulação é feita por meio de injeções diárias que a paciente aplica em si mesma em casa. A cada 2 ou 3 dias, ela deve fazer um ultrassom com seu médico para acompanhar o crescimento folicular.

Geralmente, nessa primeira etapa, a mulher vai acompanhar esse crescimento com o médico em torno de 5 vezes. Quando os folículos atingem um determinado tamanho, a paciente tem que usar outra medicação que a faz ovular 36 horas depois. 

Esse acompanhamento e a avaliação da estimulação da ovulação são feitos integralmente no consultório do médico. Então, nessa fase do tratamento, é necessário considerar entre os custos: os honorários do profissional que está acompanhando a paciente, o valor dos ultrassons realizados e dos medicamentos usados.

Aqui, é importante salientar que é muito difícil determinar o custo exato dos medicamentos, sem consulta prévia, porque cada paciente responde de uma maneira à medicação. Se a mulher tem uma baixa reserva ovariana, por exemplo, sua dosagem tem que ser maior que a de uma paciente que tem uma reserva ovariana mais alta.

O remédio receitado pelo médico também pode variar de acordo com a causa da infertilidade do casal. Uma mulher que tem endometriose geralmente deve tomar mais de um medicamento durante o tratamento, enquanto uma com ovário policístico possivelmente vai gastar menos com medicação.

Retirada de folículos

A segunda etapa da fertilização in vitro é a retirada dos folículos, que é realizada em uma sala cirúrgica de um laboratório de reprodução assistida. Após a retirada, os folículos são enviados para o laboratório, onde um biólogo faz a fertilização em um meio de cultura.

Por isso, nessa etapa, entre os custos devem ser considerados: a manutenção do espaço físico do laboratório, o honorário do biólogo para a fertilização e a avaliação diária do embrião, o valor dos equipamentos usados no procedimento (como pipetas, placa de petri e microscópios) e da incubadora.

Aqui, novamente é difícil definir um custo exato, porque há muitas variáveis envolvidas. O honorário do biólogo e o custo da manutenção do laboratório, por exemplo, podem mudar de acordo com o estabelecimento escolhido no tratamento. Obviamente o seu médico especialista em reprodução humana já tem seu laboratório de escolha, e poderá passar isso em consulta.

Como existem muitas variáveis, é importante lembrar que o tratamento não deve ser guiado somente pelo valor dos serviços. Ou seja, o casal não deve se decidir por um laboratório ou profissional porque eles cobram mais barato ou mais caro.

O fundamental é verificar a qualidade do serviço realizado, a estrutura do local, os equipamentos disponíveis para o procedimento e, se possível, conversar com ex-pacientes.

Transferência do embrião para o útero

Quando o embrião está formado, é a hora de fazer a transferência dele do meio de cultura para o útero da mulher. Após a realização do procedimento, a paciente tem que esperar alguns dias até verificar com o médico se o tratamento obteve sucesso.

Nessa terceira etapa, é preciso levar em conta os custos da sala onde é feita a transferência, do laboratório e do médico que vai realizar o procedimento. Novamente, são custos que podem variar.

Nem todos os profissionais especializados em reprodução assistida, por exemplo, cobram o mesmo valor pelos serviços realizados. O custo pode diminuir ou aumentar de acordo com a experiência do médico, seus estudos e a região em que atua.

Justamente por envolver custos muito variáveis que é difícil definir um valor fixo para a fertilização in vitro em 2021. Não é possível afirmar quanto o procedimento vai custar exatamente, porque isso depende do diagnóstico do casal e do profissional que eles escolherem para acompanhar o tratamento.

Então, mesmo que você veja um valor exato na internet ou em alguma clínica, lembre-se de que o custo mostrado pode não valer para o seu caso. Afinal, dependendo da causa da infertilidade, você pode ter que tomar mais ou menos medicamentos. Ainda, os honorários dos profissionais envolvidos podem ser maiores ou menores.

Por isso, o que é possível fazer é explicar essas variáveis para que os interessados se lembrem de considerá-las na hora de calcular quanto vai custar o tratamento para eles.

Como ter uma ideia mais exata do custo de uma inseminação para você?

A única forma de saber quanto custa uma fertilização in vitro para você é consultar um médico especialista em reprodução assistida para que ele possa avaliar o seu caso. Dessa forma, ele será capaz de calcular os custos de todo o procedimento, incluindo honorários e medicamentos, e passar um valor bem próximo do real.

Então, se você quer conhecer o valor do tratamento, marque uma consulta com um especialista! Depois de entender o que deve ser considerado no custo da fertilização in vitro em 2021, veja também quanto tempo pode durar um tratamento de fertilidade

Quanto Custa Uma Fertilização In Vitro?

LEIA TAMBÉM:  O Processo de Fertilização In Vitro: Um Passo de Cada Vez
LEIA TAMBÉM:  Conheça alguns famosos que tiveram filhos graças ao tratamento de fertilidade

 

nv-author-image

Dra. Juliana Amato

Líder da equipe de Reprodução Humana do Fertilidade.org Médica Colaboradora de Infertilidade e Reprodução Humana pela USP (Universidade de São Paulo). Pós-graduado Lato Sensu em “Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida” pela Faculdade Nossa Cidade e Projeto Alfa. Master em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida pela Sociedade Paulista de Medicina Reprodutiva. Titulo de especialista pela FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e APM (Associação Paulista de Medicina).