Pular para o conteúdo

Fortalecendo a Musculatura Vaginal: Dicas e Exercícios

A sensação de uma vagina “frouxa” pode ser uma preocupação para muitas mulheres, seja devido a mudanças naturais do corpo ou após o parto. Felizmente, existem formas eficazes de fortalecer a musculatura vaginal e melhorar essa condição. Vamos explorar algumas dicas e exercícios para manter a saúde e a firmeza da região pélvica.

Sumário

No vídeo, a ginecologista Juliana Amato aborda o tema “vagina frouxa”. Ela começa explicando que a vagina é um canal muscular e elástico que pode se expandir e contrair, por exemplo, durante a excitação sexual. Além disso, ela ressalta a função reprodutora da vagina e discute quais fatores podem causar a sensação de uma vagina mais larga, como a idade, a alteração hormonal na menopausa, múltiplos partos vaginais, falta de atividade física, excesso de peso e até mesmo fatores psicológicos.

Juliana ressalta a importância de procurar um ginecologista caso a pessoa sinta dúvida ou desconforto. Ela então compartilha várias dicas para prevenir o alargamento da vagina, incluindo manter um peso saudável, comer muita fibra, praticar exercícios físicos que fortaleçam a região do períneo, fazer a reposição hormonal durante a menopausa e realizar exercícios específicos para fortalecer a musculatura vaginal.

Estes exercícios podem incluir agachamento, elevação pélvica, yoga, pilates e os exercícios de Kegel (contração e relaxamento dos músculos do períneo). Ela também menciona o uso de técnicas de pompoarismo como forma de fortalecer a região pélvica. Ao final, ela incentiva os espectadores a compartilharem suas próprias dicas e experiências nos comentários do vídeo.

Olá! Hoje nesse vídeo nós vamos conversar. Um pouquinho sobre vagina frouxa. Por acaso. Você tem essa sensação que a sua. Vagina é mais frouxa? Ou tem uma amiga ou uma. Parente que reclama dessa sensação? Então continua aqui nesse vídeo comigo que nós vamos conversar hoje sobre esse assunto. Compartilha com quem você acha que deveria ver esse vídeo é muito importante, fica. Até o final porque. Eu vou dar dicas de exercícios para fortalecer essa. Região da vagina e manter a sua vagina mais apertadinha. Meu nome é Juliana Amato. Eu sou ginecologia ista e vem comigo nesse vídeo Você. Conhece a sua vagina, a vagina. Ela é um canal muscular e elástico que vai. Descer aqui do colo do. Útero até a saidinha da vagina. Ali é a. Nossa. Vulva. Ela é um canal, é elástico, formado por uma. Musculatura lisa que é capaz de se expandir e contrair. Você sabia que durante a excitação. Sexual tem um. Aumento do fluxo sanguíneo nessa região. Da vagina? Ela fica demasiada, ou seja, ela fica inchada e lubrificada e ela. Se expande. Ela se alonga pra que a relação. Sexual ela aconteça. E você conhece a função da vagina? Por que a vagina existe? A vagina existe porque ela tem. Uma função reprodutora. E é ali. Que o espermatozoide ele é depositado junto com o esperma. Do homem para ocorrer a. Relação sexual. É uma gravidez. Esse esperma contém. Os espermatozoides que vão subir por essa região do colo do útero e vão vir aqui na trompa. Uterina encontrar com o. Óvulo que se desprendeu do ovário pra ocorrer a fertilização. Além disso, essa região. Vaginal é. Repleta de terminações nervosas e ela, junto com a região do clitóris, é responsável pelo prazer sexual. E porque ocorre essa sensação de vagina? Larga a vagina larga ela. Pode acontecer por diversos fatores e um deles é a. Idade. Quando a gente vai. Ficando mais. Velha, essa é a musculatura dessa. Região. Ela vai ficando mais frouxa. Além disso. A mulher quando ela entra na menopausa, ela tem uma. Diminuição do hormônio estrogênio e o hormônio estrogênio é importantíssimo para manter o troféu mesmo dessa região. Para manter. Essa musculatura. Mais. Coesa. Para manter uma lubrificação vaginal, a parede vaginal ela fica mais tensa, então a. Queda desse. Hormônio ele é. Responsável pela essa frouxidão. Vaginal. Mas não é. Somente a única causa da vagina mais. Frouxa. Se a gente. Olhar um pouco na anatomia. Dessa região. Vaginal de pelve, a gente. Vê que essa região. Da vagina olha que a entradinha da vagina, ela é. Repleta de músculos, os músculos que fazem as sustentação dessa. Área e também elas vão aqui. Elas entram para dentro formando o nosso assoalho pélvico. Então se a gente pensar. Qual é uma das outras causas. Que poderiam dar essa frouxidão vaginal, se a gente pensar bem quando se tem o parto vaginal, o neném passa por esse canalzinho aqui. Por quê? Porque esse canal da nossa vagina é elástico. Então quer dizer que o parto. Vaginal ele. É responsável. Pela frouxidão vaginal, pelo alargamento da vagina? Na verdade, um parto normal, dois partos normais, não tem problema nenhum, porque essa musculatura em volta ela é capaz. De se regenerar. Então o parto normal, dependendo da quantidade de partos normais que aquela mulher teve, não alteram em nada. Nessa região vaginal. Porém, se for uma mulher que teve cinco, seis filhos essa. Região, ela já vai estar muito mais cansada, Ela já vai estar muito mais tensa porque ela abriu e fechou. Várias vezes. Aí sim pode ocorrer uma frouxidão vaginal. Então parto vaginal não tem problema. O que tem problema é o. Número de. Partos vaginais. Além disso, se a gente está olhando. Nessa maquete aqui e a gente está vendo que. Essa região é cheia de musculatura, o que pode causar. Também essa vagina mais alargada é uma falta de atividade. Física nessa musculatura. A gente não vai na academia e não faz. Musculação. Para fortalecer e ganhar massa muscular nas regiões de perna, de abdômen, de braço na região pélvica é a. Mesma coisa. Se você não faz uma atividade física pro seu. Períneo. Essa musculatura. Tende a ficar mais. Frouxa e com isso. Pode ocorrer um alargamento da região vaginal. Mas fique tranquila que nesse vídeo aqui. Eu ainda vou ensinar. Alguns exercícios que vão fortalecer essa região. Além disso, se a gente pensar um pouquinho o excesso de peso, ele também promove esse alargamento. Por quê? Porque a mulher, quando ela tá. Obesa, acima do peso, tem muita pressão nessa região do períneo e com isso a musculatura vai se afrouxando. Mas também. Existem fatores psicológicos que. Podem levar. A crer que aquela vagina até diferente, são pessoas que. Tem uma percepção errada da sua realidade. Então, uma mensagem muito importante a gente está vendo que tem. Várias causas para essa frouxidão acontecer. Uma dica importante é na menor. Dúvida procure o seu ginecologista. Uma avaliação. Médica vai fazer um diagnóstico preciso dessa, que é uma sensação se. Realmente ocorreu esse alargamento. Porque existe. Tratamento. E ainda existe os exercícios que nós vamos conversar aqui. Agora eu vou dar algumas dicas. Como que a gente faz para. Prevenir esse alargamento da vagina? Primeiro é manter um peso adequado. Como a gente já conversou. Anteriormente. O aumento de peso. Promove um aumento de pressão naquela. Região de períneo de baixo. Ventre e a musculatura. Ela pode ficar mais. Cansada de tanto sobrepeso. Evite a obesidade. Outra coisa. Importante, uma dica muito importante. Mesmo é você. Manter uma alimentação saudável, tomar muita água e comer muita fibra. Sabe por. Que? Porque o intestino funcionando ele é essencial para manter a nossa saúde. Vaginal e manter a nossa saúde vaginal. Não em termos de diminuir corrimento. Aumentar minha idade não é isso. Não é porque quando a. Gente tem constipação intestinal. Aquela força que o intestino faz. Lá dentro para mover. Aquelas fezes endurecidas, é quando você vai ao. Banheiro, aquela. Força que você. Faz pra ir no banheiro vai dando uma exaustão na musculatura do períneo. E isso. Também pode ser uma causa da frouxidão e alargamento. Da nossa região. Vaginal. Reposição hormonal. É muito importante nas. Mulheres na menopausa. Como a gente conversou anteriormente, o estrogênio. Ele é. Um dos responsáveis. Por dar essa atrofia vaginal. Então, uma. Reposição. Hormonal na menopausa é muito importante. E os exercícios físicos, exercício físico. Para a região de períneo. É essencial. Então converse com o seu. Personal trainer. Converse com. Alguém da academia para incluir. Exercícios que. Trabalhem. Essa musculatura. Do períneo, porque é muito. Importante você manter. O trabalho, a. Coesão dessa musculatura. Para você ter um períneo. Fortalecido. Além disso, quando a mulher está gestante, esses exercícios de períneo também são muito importantes. Então, fazer uma fisioterapia. Voltada para o parto. Aonde faz exercícios de. Fortalecimento muscular, por exemplo, com bolas, Aquelas bolas de pilates. São muito importantes. Está gostando desse vídeo? Comente aqui embaixo. Você já faz exercícios para o seu períneo? Quando você vai à academia? Você já tem exercícios específicos para fortalecer essa musculatura? Pensa como é importante? Que tipo de exercício você está fazendo? Me conta aqui embaixo. Vamos para uma parte muito legal do vídeo. Aqui eu vou ensinar. Exercícios para você fortalecer a musculatura. Vaginal e manter. A sua. Vagina apertadinha. Melhorando assim a sua vida sexual. Um exercício muito importante que fortalece muito essa região. É o agachamento. Sim, aquele agachamento. Que as mulheres fazem. Nas aulas de. Pilates ou nas aulas de. Funcional que você abaixo. O corpo joga o bumbum para trás, dobra o joelho e abaixa mesmo. Agachamento é essencial. Além disso, exercício de elevação pélvica, no qual você fica. Deitado reto, com as pernas dobradas em 90 graus e. Você. Leva a região do períneo, a. Região do bumbum mesmo. Abdome e bumbum lá pra cima várias. Vezes. O ideal é fazer agachamento. Essa elevação peça. Todos os dias. Para um horário zinho de manhã, quando você acorda, faz um alongamento. Deita no chão, faz três séries de dez, deixa de elevação. Pélvica, faz agachamento, lembra? Tá em casa lavando louça, agacha, tá no trabalho. Fazendo alguma coisa, faz ali uns dez. Agachamento sozinhos é super importante. Além disso, exercícios. De yoga e pilates. Eles são essenciais. Eles trabalham muito essa região de períneo. Sabe aqueles exercícios com bola? Você pegar aquelas bolas de pilates, sentar em cima dela e sentar na frente. Do seu. Computador. E. Usar ali como a sua cadeira é um. Ótimo exercício. Por quê? Porque a bola ela cria uma instabilidade, Então. Você sempre. Vai estar. Fazendo força na região do seu. Períneo e do bumbum e ali na região vaginal, para manter essa bola sem ficar mexendo para um lado, para o outro. E com isso você. Trabalha se a musculatura. Então uma dica é quando você estiver trabalhando em casa, em home office. Pega. Aquela bola e senta. Um outro tipo de exercício muito conhecido há muito. Tempo atrás, que faz parte. Da. Fisioterapia uro genital. São os exercícios de que sabe o exercício, de que é quando você faz aquela força de contração como se fosse segurar o xixi. Esse exercício você pode fazer várias vezes ao dia. Está trabalhando sentada. Faz aquele exercício, aprende como se fosse prender o xixi e solta várias vezes dez, 15, 20 vezes. Está num restaurante, almoçando, jantando. Lembrou do períneo? Faz esse exercício. Ninguém vai perceber. Você vai estar. Sentada, não faz movimento nenhum. Mas você vai estar fortalecendo a sua musculatura dessa área. É o tão falado pompoarismo. Exercícios de pompoarismo também são muito bons para fortalecer essa área. Existem aquelas bolinhas próprias de pompoarismo. Que é usado até nos exercícios de fisioterapia, junto com cones. Vaginais. Para mulheres que já estão com uma frouxidão. Exagerada e até com. Queda da bexiga, evitando assim uma incontinência urinária. Gostou desse vídeo? Gostou dessas dicas? Compartilhe com as amigas! Deixe aqui o seu comentário. Se você conhece algum outro exercício de períneo que você faz no seu treino, deixa aqui também o comentário. Vamos distribuir essa informação para todo mundo E não esqueça clique aqui no nosso canal, no nosso sininho de notificação, inscreva se e até o próximo vídeo!

Entendendo a Estrutura Vaginal

A vagina é um canal muscular e elástico, que se estende do colo do útero até a vulva. Ela é capaz de se expandir e contrair, especialmente durante a excitação sexual, quando há um aumento do fluxo sanguíneo na região, facilitando a lubrificação e a expansão.

Causas da Frouxidão Vaginal

  • Idade e Menopausa: Com o envelhecimento e a entrada na menopausa, ocorre uma diminuição do hormônio estrogênio, essencial para manter a tonicidade muscular vaginal.
  • Partos Vaginais Múltiplos: Embora um ou dois partos vaginais não causem frouxidão significativa, uma série de partos pode levar ao afrouxamento da musculatura.
  • Falta de Atividade Física: A inatividade dos músculos pélvicos pode contribuir para a frouxidão vaginal.
  • Excesso de Peso: O sobrepeso pode aumentar a pressão na região pélvica, enfraquecendo os músculos.

Exercícios para Fortalecer a Musculatura Vaginal

  1. Agachamento: Este exercício comum fortalece os músculos da região pélvica e pode ser incorporado facilmente na rotina diária.
  2. Elevação Pélvica: Deitada de costas, com as pernas dobradas em 90 graus, eleve a região do períneo, abdômen e glúteos. Faça séries regulares para melhores resultados.
  3. Yoga e Pilates: Estas práticas são excelentes para fortalecer o assoalho pélvico, oferecendo exercícios específicos que trabalham esta região.
  4. Uso de Bola de Pilates: Sentar-se em uma bola de pilates durante o trabalho ou em casa pode ajudar a fortalecer a musculatura pélvica, devido à instabilidade que a bola cria.
  5. Exercícios de Kegel: Conhecidos por ajudar no controle da incontinência urinária, também são eficazes para fortalecer a musculatura vaginal. Consistem em contrair os músculos como se estivesse segurando a urina.
  6. Pompoarismo: Utilizar bolinhas de pompoarismo pode ser um método eficaz para fortalecer a musculatura vaginal, especialmente útil para mulheres com frouxidão mais acentuada.

Outras Dicas Importantes

  • Mantenha um peso saudável para reduzir a pressão sobre o períneo.
  • Adote uma alimentação rica em fibras e beba bastante água para evitar constipação, que pode afetar a musculatura pélvica.
  • Considerar a reposição hormonal durante a menopausa, após consultar um médico.

Conclusão

A sensação de frouxidão vaginal pode ser tratada com exercícios específicos e cuidados com a saúde geral. É importante lembrar que, em caso de dúvidas ou sintomas persistentes, consultar um ginecologista é essencial para um diagnóstico adequado e um plano de tratamento eficaz. Manter a musculatura vaginal fortalecida não só melhora a saúde íntima como também pode enriquecer a experiência sexual. Compartilhe estas dicas e mantenha-se ativa e saudável!

O que você achou?

0 / 5 Resultado 5 Votos 1

Your page rank:

Dra. Juliana Amato

Dra. Juliana Amato

Líder da equipe de Reprodução Humana do Fertilidade.org Médica Colaboradora de Infertilidade e Reprodução Humana pela USP (Universidade de São Paulo). Pós-graduado Lato Sensu em “Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida” pela Faculdade Nossa Cidade e Projeto Alfa. Master em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida pela Sociedade Paulista de Medicina Reprodutiva. Titulo de especialista pela FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e APM (Associação Paulista de Medicina).

>
error: Alert: Content selection is disabled!!

Dicas para conseguir engravidar

Receba o livro definitivo de tratamento para casais que desejam engravidar

Ao baixar o livro você concorda com nossos termos