Pular para o conteúdo

Atualmente, muitos pacientes estão ignorando sintomas preocupantes por muito tempo, devido ao medo do COVID-19. Condiçõe…

Atualmente, muitos pacientes estão ignorando sintomas preocupantes por muito tempo, devido ao medo do COVID-19. Condições que poderiam ser tratadas facilmente no consultório, caso o paciente tivesse ido buscar ajuda rapidamente e que acabam progredindo para uma condição mais grave, necessitando de uma cirurgia de emergência ou hospitalização.⠀

Marque uma consulta caso você esteja sentindo qualquer um desses sintomas:⠀

– Início de dor pélvica recente, forte o suficiente para mantê-la acordada ou impedi-la de realizar suas atividades normais.⠀

– Dor ou sangramento nos estágios iniciais da gravidez.⠀

– Início de sangramento intenso incomum, principalmente se você se sentir fraca ou com tontura.⠀

– Sangramento depois da menopausa.⠀

– Se você notar um novo nódulo na mama, principalmente quando você possui mais de 40 anos ou possua histórico de câncer de ovário ou de mamas na família.⠀

Não estou sugerindo a busca por uma consulta por “qualquer coisinha”, mas entenda que existem sintomas que não podem ser ignorados.⠀

🤔 Tem alguma dúvida? Deixe uma mensagem e tire sua dúvida.⠀⠀
⠀⠀
🚨 Procure sempre o médico(a) de sua confiança.⠀⠀

➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖⠀⠀

PARA RECEBER DICAS E NOVIDADES BASTA MANDAR UM “EU QUERO” NO ZAP (11) 93318-3661⠀

➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖⠀

👩‍⚕ Dra. Juliana Amato CRM-SP 106.072⠀

➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖⠀

📞 (11) 5053-2222 ou 93318-3661⠀

➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖⠀

#sãopaulo #saopaulospbr #sãopaulospbrasil #saopaulosp #saopaulocity
nv-author-image

Dra. Juliana Amato

Líder da equipe de Reprodução Humana do Fertilidade.org Médica Colaboradora de Infertilidade e Reprodução Humana pela USP (Universidade de São Paulo). Pós-graduado Lato Sensu em “Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida” pela Faculdade Nossa Cidade e Projeto Alfa. Master em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida pela Sociedade Paulista de Medicina Reprodutiva. Titulo de especialista pela FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e APM (Associação Paulista de Medicina).

>
error: Alert: Content selection is disabled!!