Pular para o conteúdo

Entrevista com a Dra Juliana sobre reprodução humana

No vídeo, a Dra. Juliana, especialista em ginecologia, obstetrícia e reprodução assistida, discute os diferentes tratamentos disponíveis para a reprodução assistida. Ela explica que existem tratamentos de baixa complexidade, como o coito programado e a inseminação intra-uterina, e os de alta complexidade, como a fertilização in vitro e suas variações.

A indicação para a reprodução assistida depende do caso de cada casal, pois existem diversos fatores, tanto femininos quanto masculinos, que podem levar à infertilidade. Portanto, o casal precisa ser avaliado para determinar o tratamento mais adequado.

Os principais exames para avaliar a fertilidade de um casal incluem o ultrassom transvaginal para avaliar a anatomia do útero e dos ovários da mulher, exames de sangue para verificar a ovulação e a histerossalpingografia, que é o único exame que avalia a permeabilidade das trompas e a possibilidade de gravidez natural. Para os homens, é solicitado um espermograma para verificar a contagem de espermatozoides.

A Dra. Juliana também esclarece que a escolha do sexo do bebê ainda não é possível no Brasil, embora exista um exame pré-implantacional que pode determinar o sexo, de acordo com a resolução do Conselho Federal de Medicina, essa escolha é proibida no país.

tu [Música] estás a

e o lado da Dra Juliana especialista em ginecologia Obstetrícia e reprodução assistida tudo bem doutora tudo bem Como vai a Denise muito bem obrigada pelos receber aqui em sua clínica para você dura Quais são os tratamentos possíveis para reprodução existem vários tipos de reprodução tratamentos de reprodução assistida entre eles a gente tem os de baixa complexidade que é o coito programado e inseminação intra-uterina e os de alta complexidade que a fertilização in vitro e suas ramificações e quando há indicação para reprodução depende do caso de cada casal existem fatores que levam à infertilidade Entre esses fatores tem os fatores femininos e os fatores masculinos então o casal precisa ser avaliado para ver qual o tipo de tratamento indicado em relação aos exames Quais são os principais principais exames para avaliação de fertilidade no casal ser o ultrassom transvaginal que avalia a a parte anatômica ou seja o útero ovário da mulher vê se calculando existe a parte hormonal que se pede alguns exames de sangue como fsh-lh que são preditores de ovulação e existe um exame chamado histerossalpingografia que é o único exame que avalia a trompa para ver se a trompa tá pérvia e se tem condições de engravidar naturalmente e no caso do homem é solicitado um espermograma para ver a contagem de espermatozoides Doutora já é possível escolher o sexo não ainda não [Risadas] existe é um exame realizado no embrião chama pgd que é um diagnóstico pré-implantacional que pode ser feito para usar o sexo mas de acordo com a resolução do Conselho Federal de Medicina é proibido a a escolha do sexo no nosso país tá e agora muito obrigado pelas esclarecimento até o nosso próximo programa brigada brigada o programa vida e saúde na TV informação com responsável e

[Música] E aí [Música] E aí E aí

E aí [Música]

Programa Vida e Saúde na TV

 

Dra. Juliana Amato

Dra. Juliana Amato

Líder da equipe de Reprodução Humana do Fertilidade.org Médica Colaboradora de Infertilidade e Reprodução Humana pela USP (Universidade de São Paulo). Pós-graduado Lato Sensu em “Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida” pela Faculdade Nossa Cidade e Projeto Alfa. Master em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida pela Sociedade Paulista de Medicina Reprodutiva. Titulo de especialista pela FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e APM (Associação Paulista de Medicina).

Marcações:
>
error: Alert: Content selection is disabled!!