12 coisas para não falar para quem está com dificuldade de engravidar

12 coisas para não falar para quem está com dificuldade de engravidar
12 coisas para não falar para quem está com dificuldade de engravidar

A infertilidade afeta 1/8 casais, então as chances de você ter tido dificuldades de conceber, ou conhecer alguém que está passando por isso no momento são altas. Por isso, aqui vão algumas dicas para ser mais sensível ao problema.

Você deve evitar dizer essas 12 coisas para sua amiga ou colega que está passando pelo problema:

1. Apenas relaxe

Sim, estresse tem tudo a ver com a infertilidade, e técnicas de redução de estresse podem ajudar à concepção, mas a infertilidade é um diagnóstico médico e a consulta com o especialista em reprodução humana para descobrir a causa do problema é muito importante

2. Minimizar o problema

Independente de qual seja a sua visão do problema, pesquisas mostram que a inabilidade de engravidar é um grande fator estressante, juntamente com a perda de um emprego e o diagnóstico de câncer.

3. “Podia ser pior”

É bem provavel que sua amiga não veja o problema assim. Não piore a situação.

4. “Talvez vocês não estejam preparados para serem pais”

Não faça isso. De jeito nenhum. Muitos casais com infertilidade vêem sua condição como punição divina ao invés do que ela realmente é: uma doença tratável. Falar isso simplesmente vai reforçar essa dúvida.

5. Porque você não faz uma FIV?

FIV é o tratamento mais efetivo para infertilidade, mas não é para todo mundo. É um tratamento que pode ser considerado caro, invasivo, estressante, e, até mesmo conflitante com alguns princípios religiosos.

6. Apenas adote

Adoção é uma opção razoável, mas muitos casais demoram para tomar essa decisão, enquanto outros não querem crianças que não tenham sua genética familiar.

LEIA TAMBÉM:  14 metodos que facilitam a gravidez
LEIA TAMBÉM:  14 metodos que facilitam a gravidez

7. Você é jovem, ainda tem muito tempo.

Mulheres mais jovens normalmente tem facilidade para engravidar, então se não estão conseguindo, está na hora de descobrir o porque. Sim, as chances de sucesso são maiores em mulheres mais jovens, mas não há garantias.

8. Fofoca.

Infertilidade é um problema privado, você não gostaria de alguém falando de seus problemas de saúde para outros, não?

9. Observações grosseiras, e piadas de mal gosto

A infertilidade mexe com a parte mais sensivel e pessoal de nossas vidas, não arrisque colocar humor nisso.

10. Reclamar da própria gravidez

Não importa o quanto esteja sofrendo com os sintomas da gravidez, sua amiga vê a gestação como a maior dádiva e bênção que ela espera. Ver outra mulher grávida é uma tarefa difícil para mulheres com infertilidade.

11. Minimizar as preocupações porque já tem uma criança.

Para muitos casais a familia não está completa com um filho, e é cada vez mais frequente a busca pelo segundo filho. Especialistas de infertilidade chamam de infertilidade secundária.

12. Perguntar de quem é a culpa.

Infertilidade é um problema do casal. Embora muitas vezes seja possivel determinar quem do casal que possui a doença, é necessário os dois para ter um bebê. As vezes quando a causa é masculina, a mulher também tem que passar pelo tratamento. Apontar culpa além de contraprodutivo pode causar um estresse na relação. Não acrescente mais ainda nesse ponto.

 

 

Veja também:

ENCONTROS DE FAMÍLIA E A INFERTILIDADE (COMO LIDAR?)

Marcações:
nv-author-image

Dra. Juliana Amato

Líder da equipe de Reprodução Humana do Fertilidade.org Médica Colaboradora de Infertilidade e Reprodução Humana pela USP (Universidade de São Paulo). Pós-graduado Lato Sensu em “Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida” pela Faculdade Nossa Cidade e Projeto Alfa. Master em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida pela Sociedade Paulista de Medicina Reprodutiva. Titulo de especialista pela FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e APM (Associação Paulista de Medicina).