Coito Programado

Sexo programado é o primeiro procedimento indicado para tratar a infertilidade
Após os exames para diagnóstico da infertilidade, em alguns casos o coito (sexo) programado é o primeiro procedimento indicado para tratar a infertilidade. O coito programado é um tratamento de baixa complexidade em reprodução assistida. Geralmente é recomendado para casais onde a mulher possui trompas normais e o parceiro apresenta o sêmen também normal. Consiste em realizar uma indução de ovulação com acompanhamento ultrassonográfico.
  Durante o período ovulatório o casal é orientado a ter relações sexuais com maior freqüência. O tratamento consiste em acompanhar de perto o ciclo menstrual da mulher, monitorando a ovulação por meio de exames de ultrassom seriados e dosagens dos níveis de hormônios no sangue e na urina. Em alguns casos, estimulam-se os ovários com medicamentos com o objetivo de aumentar a precisão do dia fértil.  
Determinação do período fértil
  Autor: Dra. Juliana Amato Leia também: Fonte: Amato, JLS. Em Busca Da Fertilidade. 2014
LEIA TAMBÉM:  A técnica de Fertilização in vitro na reprodução humana

Local do corpo:

Aparelho reprodutor feminino

Tipo de Procedimento:

Noninvasive

Status:

Bem definido
LEIA TAMBÉM:  Os principais tratamentos para infertilidade
nv-author-image

Dra. Juliana Amato

Líder da equipe de Reprodução Humana do Fertilidade.org Médica Colaboradora de Infertilidade e Reprodução Humana pela USP (Universidade de São Paulo). Pós-graduado Lato Sensu em “Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida” pela Faculdade Nossa Cidade e Projeto Alfa. Master em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida pela Sociedade Paulista de Medicina Reprodutiva. Titulo de especialista pela FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e APM (Associação Paulista de Medicina).