Punção de Epidídimo

Punção de Epidídimo

Em pacientes vasectomizados é indicado a Punção de Epidídimo nos casos de ozoospermias obstrutivas (pós vasectomia obstrução traumáticas, congênitas e infectosos) ausência de ejaculação por comprometimento medular (neuropatia diabética, paraplégico, tetraplégicos, impotência sexual). Em alguns casos é realizado biópsia testicular.

Fonte: Amato, JLS. Em Busca Da Fertilidade. 2014

LEIA TAMBÉM:  Coito Programado

Local do corpo:

Epidídimo

Cuidados pós procedimento:

Repouso relativo e cuidados locais.

Preparo:

Jejum

Tipo de Procedimento:

Percutaneous

Status:

Bem definido
LEIA TAMBÉM:  Avaliação Clínica na Infertilidade
nv-author-image

Dra. Juliana Amato

Líder da equipe de Reprodução Humana do Fertilidade.org Médica Colaboradora de Infertilidade e Reprodução Humana pela USP (Universidade de São Paulo). Pós-graduado Lato Sensu em “Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida” pela Faculdade Nossa Cidade e Projeto Alfa. Master em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida pela Sociedade Paulista de Medicina Reprodutiva. Titulo de especialista pela FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e APM (Associação Paulista de Medicina).