Pular para o conteúdo

Preservação da fertilidade humana

Preservação da fertilidade humana

A preservação da fertilidade é um tema importante, pois permite que as pessoas tenham a opção de ter filhos no futuro, independentemente de suas condições de saúde ou idade. A fertilidade humana pode ser afetada por muitos fatores, como doenças, cirurgias, tratamentos médicos ou o avanço da idade. A preservação da fertilidade masculina e feminina é possível através de procedimentos médicos que permitem armazenar os gametas (óvulos ou espermatozóides) para uso futuro em tratamentos de reprodução assistida.

A preservação da fertilidade feminina é um tema relativamente conhecido, pois as mulheres têm uma idade mais avançada quando começam a enfrentar problemas de infertilidade. A idade é um fator importante na fertilidade feminina, pois a produção de óvulos diminui com o passar dos anos. Além disso, algumas doenças e tratamentos médicos, como a quimioterapia, podem afetar a fertilidade feminina. A preservação da fertilidade feminina pode ser feita através da criopreservação de óvulos, um processo no qual os óvulos são coletados e congelados para uso futuro em tratamentos de reprodução assistida. Existem algumas opções para a preservação da fertilidade masculina também, como a criopreservação de espermatozóides e o armazenamento de tecido testicular. No entanto, é importante lembrar que esses procedimentos são invasivos e podem ter riscos e complicações. É importante discutir essas opções com um médico especializado e avaliar se elas são adequadas para cada caso individual. Além disso, é importante lembrar que a preservação da fertilidade não garante a gravidez no futuro e que a reprodução assistida não é uma solução infalível para a infertilidade.

LEIA TAMBÉM:  Embolização de miomas
nv-author-image

Dra. Juliana Amato

Líder da equipe de Reprodução Humana do Fertilidade.org Médica Colaboradora de Infertilidade e Reprodução Humana pela USP (Universidade de São Paulo). Pós-graduado Lato Sensu em “Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida” pela Faculdade Nossa Cidade e Projeto Alfa. Master em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida pela Sociedade Paulista de Medicina Reprodutiva. Titulo de especialista pela FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e APM (Associação Paulista de Medicina).

>
error: Alert: Content selection is disabled!!