Laser vaginal íntimo

Rejuvenescimento íntimo

O Laser vaginal está entre os novos procedimentos de rejuvenescimento mais buscados pelas mulheres. O tratamento é altamente tecnológico, apresentando resultados já nas primeiras sessões.

Ele é essencial para aumentar a qualidade de vida e a auto-estima de mulheres que sofrem com a queda na produção de estrogênio, vaginismo ou outros problemas.

Sumário

O que é rejuvenescimento íntimo?

Com o passar dos anos, as mulheres podem sofrer com a diminuição hormonal. Isso pode implicar em diversos problemas e desconfortos, principalmente no canal vaginal e na vulva. O laser vaginal é um procedimento que cuida tanto dos aspectos externos quanto internos, relacionados à função da região genital.

Esse procedimento ajuda no rejuvenescimento das camadas mais profundas da vagina e da vulva. O rejuvenescimento íntimo é uma terapia praticamente definitiva, trazendo melhorias que podem durar por muito tempo, com sessões de manutenção anuais.

Atrofia Vaginal

 

Onde fazer o rejuvenescimento íntimo feminino?

O procedimento deve ser feito por médicos ginecologistas e pode ser realizado no próprio consultório do profissional.

Inicialmente é feita a higienização do local e a aplicação de um anestésico tópico. Todo o procedimento leva em média de 15 a 30 minutos e pode ser repetido mensalmente, de acordo com a orientação médica. A recuperação é imediata e a paciente pode retornar às suas atividades habituais no mesmo dia.

Os tipos de rejuvenescimento vaginal

Existem vários tipos de rejuvenescimento íntimo, indicados para a necessidade de cada paciente. A técnica mais moderna consiste no uso da energia luminosa do Laser.

Estimula a produção de colágeno, mantendo a pele dos grandes lábios mais firmes, quebrando os pigmentos, tornando a pele mais turgida, melhorando a tonicidade e textura, ajuda na regeneração da parede vaginal, trata o ressecamento e a incontinência urinária de esforço entre outras.

De acordo com a intensidade dos sintomas e de acordo com exame clínico, será indicado o tratamento somente de vulva, vagina ou nas 2 áreas associadas.

Quando o rejuvenescimento íntimo é indicado?

Esse procedimento é indicado principalmente para o tratamento da atrofia vaginal – o ressecamento que acontece principalmente com o avançar do tempo, causado principalmente pela diminuição de estrogênio. Os antigos tratamentos para esse problema geralmente implicavam na aplicação de cremes íntimos com o hormônio. Porém, esse procedimento pode ter contra indicações, principalmente para mulheres que já apresentaram problemas com tratamentos hormonais – como a trombose.

Apesar do tratamento ser indicado principalmente para mulheres na fase da menopausa ou perimenopausa, ele também apresenta resultados satisfatórios para as mulheres que sofrem com pouca lubrificação vaginal, independente da idade, e também para aquelas que possuem incontinência urinária leve.

Benefícios do Laser vaginal 

São vários os benefícios proporcionados por esse tratamento. Esse procedimento pode ser feito por mulheres de todas as idades que apresentam algum problema ou desconforto na região íntima.

O tratamento  provoca micro lesões na derme vulvar ou mucosa vaginal, estimulando a produção de novas fibras de colágeno e a regeneração e rejuvenescimento do local, melhorando sua lubrificação e diminuindo possíveis desconfortos durante o ato sexual por exemplo.

Por ter efeitos mais duradouros, ele também tem a vantagem de não precisar de aplicações diárias ou semanais de produtos para ter eficiência.

Normalmente as queixas das pacientes podem ser apenas uma ou com a soma de algumas dessas:
▪ Ressecamento vaginal
▪ Ardor ou queimação vaginal
▪ Ardor ao urinar
▪ Micção urgente
▪ Infecções do trato urinário
▪ Sangramento após relação sexual
▪ Dor ou desconforto durante o ato sexual
▪ Encurtamento do canal vaginal
▪ Lubrificação vaginal diminuída durante a atividade sexual
▪ Síndrome urogenital
▪ Atrofia vaginal e vestibular
▪ Dispareunia
▪ Incontinência urinária – casos selecionados
▪ Flacidez vulvar

 

Como o laser funciona?

Mas como todos esses benefícios são possíveis com uso do laser ginecológico (íntimo)?
O laser consegue tratar efeitos colaterais de pacientes com câncer, menopausa, em período pós-parto e até para substituir algumas cirurgias vaginais. É uma das melhores alternativas para tratamento de atrofia genital.

Ao contrário do conhecido laser usado na depilação, a luz do laser vaginal se atrai pela água – não pela melanina, como o depilatório, que tem foco nos pelos escuros fazendo ‘microfurinhos’ na mucosa para estimular a regeneração.

Melhora dos sintomas da Menopausa com o  Laser Íntimo

O procedimento é ideal e seguro para quem busca por um tratamento menos invasivo e não-hormonal.

Em geral as mulheres em idade pré e pós menopausa tem alterações hormonais e consequentemente ressecamento, sensação de ardor e dor durante relação sexual são frequentes.

Portanto, o tratamento “rejuvenesce” a região, reparando a elasticidade do canal vaginal e lubrificação, permitindo o sexo sem dor, o que favorece no aumento do bem-estar global da mulher, desejo sexual e libido e melhora sua saúde sexual.

Efeitos colaterais possíveis

Para quem busca a melhoria na incontinência urinária, o tratamento pode não ser eficaz quando há outros fatores relacionados a esse problema.

Uma leve dor ou desconforto também podem ser notados durante a relação sexual, assim como uma sensibilidade maior na região, principalmente nos primeiros dias após a terapia.

Contra indicações

O rejuvenescimento íntimo é uma das técnicas mais modernas para o tratamento de doenças ou para efeitos estéticos desejados pela paciente. Suas únicas contra indicações dizem respeito a saúde da mulher, sendo recomendado que sejam feitos exames clínicos para detectar HPV ou outras infecções sexualmente transmissíveis, de modo que o profissional possa avaliar a melhor alternativa para a execução do procedimento. Grávidas também não podem realizar o procedimento, mas é bastante procurada por mulheres no pós-parto.

 

Clareamento Vaginal

Clareamento íntimo é um procedimento muito buscado pelas mulheres que se queixam da alteração da coloração e escurecimento da região vaginal.

Por que a vagina fica escura e muda de cor?

A mudança no trofismo da área genital causada pela redução de hormônios na menopausa pode alterar a cor da região vaginal.
Outros motivos também podem alterar a cor da região da vagina como, gravidez, resistência à insulina, SOP e obesidade. Por ser uma região de dobra, existe um acúmulo hormonal ou de melanina fazendo com que a vagina fique mais escura.

 

Como tratar o Escurecimento Vaginal

Para clarear a vagina pode ser utilizar um Laser íntimo específico. O laser provoca micro lesões na derme vulvar ou mucosa vaginal, estimulando significativamente a produção de colágeno e a REGENERAÇÃO, ESTÉTICA e FUNCÃO da região íntima, REJUVENESCIMENTO o local.