Se você está preocupada com a sua fertilidade

para engravidar?

Se você está preocupada com o fato de talvez ter um problema de fertilidade, seu ginecologista deve perguntar a você sobre o seu estilo de vida, saúde geral e histórico médico. Ele deve perguntar a quanto tempo você e o seu parceiro estão tentando engravidar e sobre os aspectos do seu histórico e saúde sexual que podem estar afetando suas chances de ter um bebê.

Se você e o seu parceiro estão tentando engravidar há mais de 1 ano, deve ser pedido exames à ambos (veja testes para homens e testes para mulheres).

Se você está fazendo inseminação artificial ao invés de relações sexuais para engravidar (usando esperma de um doador ou esperma do seu parceiro) e você não engravidou depois de 6 ciclos, você deve passar por exames. Se você está fazendo inseminação artificial usando esperma do seu parceiro, seu parceiro deve também passar por exames.

Você deve receber um acompanhamento prévio, realizar exames e ter um aconselhamento de um especialista em reprodução humana caso se aplique um dos seguintes:

  • Mulher tem 36 anos de idade ou mais.
  • Existe uma razão médica conhecida para os seus problemas de fertilidade, por exemplo, você teve tratamento contra o câncer que afetou a sua fertilidade, ou você teve uma condição ou problema que talvez tenha afetado a sua fertilidade.

Se você ou o seu parceiro tiver uma infecção viral de longo prazo (como o HIV, hepatite B ou hepatite C) que pode ser passada para o seu parceiro através de relação sexual desprotegida ou passada para o seu bebê, você deve ser encaminhada para um centro especializado em reprodução humana para providenciar investigações e tratamentos com segurança.

Para casais que querem ter um bebê, mas não conseguem ou acham muito difícil ter relações sexuais (por exemplo, por causa de uma deficiência física), seu especialista deve conversar com você sobre suas opções para engravidar, e aconselhar sobre quaisquer outras avaliações que você possa precisar e possíveis tratamentos que podem ajudar.

nv-author-image

Dra. Juliana Amato

Líder da equipe de Reprodução Humana do Fertilidade.org Médica Colaboradora de Infertilidade e Reprodução Humana pela USP (Universidade de São Paulo). Pós-graduado Lato Sensu em “Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida” pela Faculdade Nossa Cidade e Projeto Alfa. Master em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida pela Sociedade Paulista de Medicina Reprodutiva. Titulo de especialista pela FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e APM (Associação Paulista de Medicina).