fbpx Informações Urgentes sobre o Zika Vírus e o Tratamento de Fertilidade | Reprodução Humana e Fertilidade

Clínica de Fertilidade e Reprodução Humana. Tel: (11) 5053-2222 Av. Brasil 2283. São Paulo. e-mail

Informações Urgentes sobre o Zika Vírus e o Tratamento de Fertilidade

E também querendo viajar?

Se você está tentando engravidar, especialmente através do tratamento de fertilidade, você pode estar considerando umas férias durante as festividades. Muitos programas de fertilidade fecham seus laboratórios (usados para coletas e transferências de Fertilização In Vitro, criopreservação, descongelamento de embriões e mais) por um curto período e por isso pode parecer um momento perfeito para descansar.

As preocupações sobre o Zika vírus são reais e complexas. A informação também está mudando rapidamente e mais informação é acumulada diariamente. Gravidez, viagem e sexo são aspectos que precisam ser considerados quando se trata desta perigosa infecção. As informações mais atualizadas sobre o Zika que você pode encontrar é do Centro de Controle de Doenças (CDC Americano) e da FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e você deve cuidadosamente verificar aqui quando estiver planejando uma viagem.

Preocupações sobre o Zika Vírus ao Planejar uma Viagem

Se você estiver em qualquer estágio do planejamento familiar, incluindo os seguintes estágios - pensando em engravidar, possivelmente grávida, planejando engravidar, tentando engravidar ou possivelmente grávida acidentalmente, confira o website da FEBRASGO e CDC e considere falar com os seus médicos também. Se você está em tratamento de fertilidade, mesmo fora do ciclo (não atualmente em um tratamento de fertilidade mas planejando um ciclo de tratamento no futuro), você precisa ser ainda mais diligente. Para onde você vai viajar, quando você vai viajar, a quem você estará exposta, onde você vive - todas essas coisas precisam ser consideradas. Esses fatores são complicados e enquanto há muitos aspectos do Zika que são compreendidos, existem muitos que ainda são relativamente desconhecidos. O que se sabe é que os efeitos em uma gravidez que é exposta ao Zika são significantes. Não há nada a fazer além de ter muita cautela com essa infecção. Planeje suas férias e, enquanto você estiver fazendo isso, mantenha aberto o website do CCD para comparar as observações.

 

Como a infecção pelo vírus Zika é transmitida?
O vírus Zika é transmitido por meio da picada de mosquito Aedes aegypti, o mesmo que transmite o vírus da dengue e o vírus Chikungunya. Por esse motivo, as medidas de prevenção e controle são as mesmas já adotadas contra a dengue e para o Chikungunya. Por esta razão, se evitar a multiplicação do mosquito eliminando os locais em que ele prolifera evita-se a infecção por estes três vírus. Na realidade esta é a única forma efetiva de controlar estas infecções.

Existe tratamento contra a infecção pelo vírus Zika?
Apenas tratamento sintomático, não havendo tratamento específico contra o vírus Zika. O tratamento sintomático baseia-se no uso de acetaminofen (paracetamol) para febre e dor, conforme orientação médica. Não está indicado o uso de ácido acetilsalicílico e drogas anti-inflamatórias devido ao risco aumentado de complicações hemorrágicas, como ocorre com a dengue. Orienta-se procurar o serviço de saúde e clínica médica para condução adequada. 

Como posso evitar ser infectada pelo vírus Zika?
Visto que o vírus Zika chega ao nosso organismo por meio da picada pelo Aedes aegypti é possível evitar a infecção pelo vírus Zika evitando a picada do deste mosquito. A melhor forma de evitar a infecção é controlar a proliferação do mosquito, mas se elas falham, devemos evitar a picada. As formas de evitar a picada consistem na proteção da pele, deixando o mínimo de pele exposta. Na pele exposta, proteger com repelente. Se usar tecido muito fino ou de trama larga, aplicar o repelente por cima do tecido. De forma geral, os repelentes naturais não são eficientes.

Grávida pode usar repelente?
Sim, a grávida pode usar alguns repelentes não naturais. Normalmente, eles trazem a informação se podem ou não serem usados em gestantes em suas embalagens. Os mais indicados são à base de “Icaridina”, nome comercial “Exposis®”, com tempo de ação que pode durar até 10 horas. Também podem ser utilizados o “DEET”, nome comercial “Off Repelex®”, (concentração de 15%) e o “IR3535”, nome comercial “Loção antimosquito Johnson®”. Cuidado para evitar o contato com olhos, boca e nariz. Os repelentes que funcionam quando são ligados na “tomada de luz elétrica” podem ser utilizados desde que estejam a mais de dois metros da gestante.

 

Veja mais:

O que você achou deste conteúdo?: 
0
No votes yet

Dra. Juliana Amato: Especialista em Reprodução Humana

Dra. Juliana Amato
Ginecologista, Obstetra. Chefe da Reprodução Humana do Instituto Amato
Tratamento de Infertilidade em Laboratório de Reprodução Humana(11) 5053-2222
Tudo sobre tratamento da infertilidade. Ajuda para Engravidar.
www.fertilidade.org
Clínica de Reprodução Humana: Ajuda para engravidarAv Brasil, 2283, São Paulo, SP
FacebookTwitterYoutubeLinkedin