Clínica de Fertilidade e Reprodução Humana. Tel: (11) 5053-2222 Av. Brasil 2283. São Paulo. e-mail

HPV

Sinônimos: vírus do papiloma humano

O HPV (Human Papiloma Virus) é o condiloma acuminado, conhecido também como verruga genital, crista de galo, figueira ou cavalo de crista, é uma doença sexualmente transmissível (DST) causada pelo Papilomavírus humano. Atualmente, existem mais de 100 tipos de HPV - alguns deles podendo causar câncer, principalmente no colo do útero e do ânus. Entretanto, a infecção pelo HPV é muito comum e nem sempre resulta em câncer. O exame de prevenção do câncer ginecológico, o Papanicolau, pode detectar bem cedo alterações no colo do útero e deve ser feito frequentemente por todas as mulheres.

HPV

Não se sabe o tempo em que o HPV pode ficar assintomático e quais são os fatores responsáveis pelo aparecimento das lesões. Por isso, é recomendável procurar o ginecologista para consultas periodicas.

Causas

A principal forma de transmissão do vírus do HPV é pela via sexual. Para ocorrer o contágio, a pessoa infectada não precisa apresentar sintomas. Mas, quando a verruga é visível, o risco de transmissão é muito maior. O uso da camisinha durante a relação sexual geralmente impede a transmissão do HPV, mas não garante total proteção contra o vírus, pois a transmissão pode ocorrer por meio do contato pele a pele entre as regiões genitais descobertas, pelo contato com as áreas infectadas (dedos, mãos e boca) e também por contaminação via lesões próximas aos genitais. De qualquer forma, o uso da camisinha é importantíssimo, pois ajuda a prevenir contra o HPV e, contra diversas outras doenças sexualmente transmissíveis.

Sintomas de HPV

A infecção pelo HPV normalmente causa verrugas de tamanhos variáveis. No homem, é mais comum na cabeça do pênis (glande) e na região do ânus. Na mulher, os sintomas mais comuns do HPV surgem na vagina, vulva, região do ânus e colo do útero. As lesões do HPV também podem aparecer em locais menos comuns como na boca e na garganta. Tanto o homem quanto a mulher podem estar infectados pelo vírus sem apresentar sintomas ou lesões.

Tratamento de HPV

Na presença de qualquer sinal ou sintoma do HPV, é recomendado procurar um ginecologista, para o diagnóstico correto e indicação do tratamento adequado para o HPV.

Dra. Juliana Amato: Especialista em Reprodução Humana

Dra. Juliana Amato
Ginecologista, Obstetra. Chefe da Reprodução Humana do Instituto Amato
Tratamento de Infertilidade em Laboratório de Reprodução Humana(11) 5053-2222
Tudo sobre tratamento da infertilidade. Ajuda para Engravidar.
www.fertilidade.org
Clínica de Reprodução Humana: Ajuda para engravidarAv Brasil, 2283, São Paulo, SP
FacebookTwitterYoutubeLinkedin