Dra. Juliana Amato

Líder da equipe de Reprodução Humana do Fertilidade.org Médica Colaboradora de Infertilidade e Reprodução Humana pela USP (Universidade de São Paulo). Pós-graduado Lato Sensu em “Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida” pela Faculdade Nossa Cidade e Projeto Alfa. Master em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida pela Sociedade Paulista de Medicina Reprodutiva. Titulo de especialista pela FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e APM (Associação Paulista de Medicina).

sêmen, óvulos e embriões

Congelando sêmen, óvulos ou embriões antes do tratamento de câncer

Sêmen, óvulos ou embriões podem ser congelados e armazenados para possível utilização no futuro. Isso é conhecido como criopreservação. Criopreservação de espermatozoides, óvulos ou embriões pode ser uma opção possível para as pessoas que foram diagnosticadas com câncer, se o tratamento do câncer é provável de causar infertilidade.